Gêneros textuais: o que é e quais são eles?

Os gêneros textuais consistem em classificações utilizadas para a determinação de textos conforme as suas características relacionadas a um contexto. No artigo a seguir você poderá entender melhor o conceito e conhecer quais são esses gêneros.

O que são gêneros textuais?

Os gêneros textuais consistem em classificações utilizadas para a determinação de textos conforme as suas características relacionadas a um contexto. A identificação do gênero textual é feita tomando por base o objetivo, a função e o contexto da produção textual. As características do texto é que determinam a que gênero ele pertence. 

A variação dos gêneros textuais está relacionada à intenção comunicativa, assim como tópicos particulares, como linguagem, estrutura e conteúdo da produção. No âmbito do processo comunicativo, os gêneros textuais possuem uma função social. É através dos gêneros textuais que o processo de comunicação acontece, uma vez que eles têm ligação direta com a história e a linguagem.

Cada gênero textual possui as suas particularidades, o que permite a identificação de sua classificação. É válido ressaltar que os gêneros contam com estruturas e características próprias, mas ainda assim são flexíveis, não possuindo estrutura fixa. Basicamente, isso quer dizer que, dependendo da necessidade comunicativa, podem surgir novos gêneros. Há textos que possuem mais de um tipo de linguagem e para identificar o seu gênero é necessário observar a linguagem dominante. 

Gêneros textuais x tipos textuais: qual é a diferença?

É relativamente comum haver confusão entre o conceito de tipos e gêneros textuais. No entanto, são categorias distintas de classificação. Todo texto possui estrutura e linguagem particulares. As diferenças entre os textos dizem respeito tanto à forma quanto ao conteúdo. Na classificação de um texto todas as características são consideradas. 

Os gêneros textuais são classificados tomando por base seu conteúdo. Por sua vez, os tipos textuais são classificados observando a sua forma. Então, os gêneros se caracterizam por serem classificações que existem em modelos predefinidos de tipos textuais. 

Gêneros textuais são flexíveis, há diversos deles, como romance, notícia, fábula, carta, lista de compras, conto, lenda, cardápio de restaurante, entre outros. No tocante aos tipos textuais, as classificações são fixas definindo e diferenciando o texto a partir da sua estrutura e aspectos linguísticos.

Os tipos textuais são: narrativo, dissertativo, descritivo, injuntivo e expositivo. Em suma, o gênero textual consiste na parte concreta enquanto o tipo textual diz respeito à parte que está inserida em um campo mais formal e teórico. 

Como os gêneros textuais se inserem dentro de cada tipo textual?

Gêneros textuais apresentam características específicas que permitem diferenciar um texto do outro. No entanto, os textos não necessariamente se restringem a um gênero específico. Sendo assim, ao analisar um texto é importante levar em consideração quais são as características que mais se destacam. 

A partir dessa observação, se torna possível identificar a qual gênero ele pertence. O gênero textual não exclui o tipo textual. A seguir você poderá conferir como alguns gêneros textuais estão inseridos em cada tipo textual. 

Texto narrativo

Textos classificados como do tipo narrativo têm uma estrutura básica constituída por apresentação, desenvolvimento, clímax e desfecho. Nesses textos há a apresentação de ações realizadas por personagens em um determinado espaço de tempo e espaço. Os gêneros textuais que estão dentro do tipo textual narrativo são: contos, romances, fábulas, novelas e crônicas. 

Texto descritivo

Esse tipo de texto relata ou descreve lugares, acontecimentos ou seres. Nesse tipo, normalmente, são empregados adjetivos que transmitem sensações para o emissor. Dentre os gêneros textuais que fazem parte dos textos descritivos podemos citar relatos de viagens, diários, cardápios de restaurantes, classificados e folhetos turísticos.

Texto expositivo

Esse tipo de texto tem o objetivo de expor ideias utilizando recursos de conceituação, comparação, informação, definição e descrição. Dentre os gêneros textuais que estão dentro desse tipo textual podemos citar: enciclopédias, jornais, verbetes de dicionários e resumos escolares. 

Texto argumentativo

É um tipo de texto utilizado para abordar um tema a partir do uso de argumentações. Em outras palavras, apresenta defesas a partir de um ponto de vista. A estrutura é formada por introdução, desenvolvimento e conclusão. Podemos citar como exemplos os artigos de opinião, abaixo-assinados e manifestos. 

Texto injuntivo 

Esse tipo textual se caracteriza por apresentar a indicação de instruções, de maneira que o emissor tente persuadir e orientar o interlocutor. A sua característica mais fácil de observar é o uso de verbos no imperativo. Gêneros textuais que estão dentro do escopo de textos injuntivos são manuais de instruções, receitas culinárias e bulas de remédio. 

Texto prescritivo

Esses textos têm como função oferecer algum tipo de instrução para o leitor no tocante ao procedimento. Os textos prescritivos acabam impedindo a liberdade de ação do leitor, uma vez que determinam que ele deve seguir o texto. Nesse tipo textual estão abrangidos os gêneros textuais como leis, contratos, cláusulas e editais de concurso público. 

Agora você sabe mais sobre os gêneros textuais. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog