Como se preparar para as questões de raciocínio lógico

Por muitas vezes os alunos pensam que matemática só tem a ver com números e fórmulas, mas a verdade é que a disciplina tem tudo a ver com raciocínio lógico. Essa é uma habilidade muito requisitada nos vestibulares e, principalmente, no Enem, a avaliação mais importante em âmbito nacional para quem busca entrar em uma universidade.

As questões que envolvem raciocínio lógico são aplicadas para testar a habilidade do estudante em solucionar problemas, desenvolver equações e avaliar suas capacidades cognitivas, como interpretação de texto e dedução. As escolas nem sempre acrescentam esse tipo de estudo às aulas, por isso pode parecer difícil para alguns candidatos. 

Pensando em ajudar você a se preparar da melhor maneira possível para desvendar todas as questões de raciocínio lógico, elaboramos este artigo com diversas dicas. Continue a leitura e confira!

O que é raciocínio lógico

O raciocínio lógico pode ser considerado o caminho que o seu pensamento percorre para resolver algum problema e chegar a uma conclusão a partir de informações dadas em um determinado contexto. 

Houve um tempo, não muito distante, em que os estudantes precisavam decorar informações, datas, fórmulas e teoremas que seriam cobrados nas questões dos vestibulares. Atualmente, a prática adotada tem sido bem diferente, mais focada na capacidade do aluno interpretar o texto e conectar informações.

É por isso que é tão importante estudar e praticar questões de raciocínio lógico. É esperado que elas apareçam na prova de Matemática e suas Tecnologias, uma das quatro áreas do conhecimento cobradas no Enem, e também nos vestibulares. 

Dicas para se preparar

Se você não está acostumado a lidar com esse tipo de questão, é ainda mais importante se preparar para as perguntas de raciocínio lógico. Preparamos algumas dicas abaixo, confira.

Estude os conceitos de matemática

Como falamos anteriormente, o raciocínio lógico está muito ligado à matemática. Por isso, é muito importante revisar os conceitos básicos. Não estamos falando de fórmulas complexas ou funções avançadas, mas aqueles conceitos que serão necessários para resolver as questões propostas no exame, como formas geométricas e sistemas de medidas. 

Pratique os exercícios de raciocínio lógico

Nada ensina mais do que colocar em prática aquilo que estamos estudando. Portanto, foque nos exercícios. Encontre questões de vestibulares e exames do Enem antigos e resolva-os. Faça também simulados e os exercícios propostos em aulas. Quanto mais você fizer, mais rápido irá se habituar a esse tipo de questões e melhor será o seu desempenho.

Treine o seu cérebro no dia a dia

Outra coisa que pode ajudar muito é realizar atividades educativas no seu dia a dia. Se você gosta de palavras cruzadas, sudoku, quebra-cabeça, xadrez e outros jogos de tabuleiro, será fácil para você usar o tempo livre treinando o seu cérebro, contribuindo para que ele fique mais ágil, mais produtivo e menos ansioso. Além disso, poderá ajudá-lo a se acostumar com problemas de raciocínio lógico e buscar soluções para resolvê-los de acordo com as informações que são colocadas para você. 

Cuide de sua memória

A memória também é uma aliada importante na resolução de problemas. Uma maneira de treinar constantemente é se esforçar para guardar informações como números de telefones, por exemplo, e sempre que puder fazer cálculos de cabeça, evitando usar a calculadora.

Leia sempre

Falamos bastante sobre matemática, mas o raciocínio lógico não está ligado somente a essa disciplina. Ele tem a ver com todas, na verdade, pois é uma habilidade que está ligada à sua interpretação de texto, e isso envolve todas as questões. Por isso, estudantes que têm o hábito de ler, analisar as informações e interpretar corretamente o texto, conseguem se destacar nesse tipo de questão. 

Portanto, a dica é ler muito e sempre. Além de adquirir novos conhecimentos e se preparar para o vestibular, você irá treinar o seu olhar, o seu pensamento e a sua interpretação. Faça disso um hábito e você terá muito mais vantagem tanto na carreira acadêmica como na profissional.

Mais que habilidade, é treino

Se você é um estudante que tem dificuldade com questões de raciocínio lógico, tem algo muito importante que você precisa saber: o que vai levar você ao sucesso é o quanto você vai treinar, e não o quanto você já sabe. 

Essa é uma capacidade que deve ser adquirida pela prática, pelo quanto você irá se dedicar em estudar sobre isso. Como não é um tema ensinado com tanta frequência nas escolas, é natural não ter afinidade com ele. O mais importante é entender que você pode sim se dar muito bem nesse tipo de questão se praticar bastante, assim como qualquer outra disciplina.

Agora você já sabe como se preparar para as questões de raciocínio lógico e a importância delas no Enem e no vestibular. Se quiser saber mais dicas e informações sobre o assunto, acesse o Blog do Hexag Online e confira nossos artigos.

Retornar ao blog