Compreensão e interpretação de texto – Dicas para desenvolver essa habilidade

A compreensão e interpretação de texto dizem respeito ao processo de leitura e entendimento da estrutura textual e das palavras usadas pelo autor, assim como o sentido proposto. O processo de compreensão abrange conhecimento gramatical, de vocabulário e a respeito de gêneros textuais distintos.

Por sua vez, o processo de interpretação textual demanda a existência de um conjunto de habilidades por parte do leitor, como a capacidade de relacionar o texto com a realidade e de fazer a intertextualidade.  Todos esses tópicos são relevantes para visualizar o quadro geral de significado do texto que está sendo lido.

Dicas para desenvolver a habilidade de compreensão e interpretação de texto

A habilidade de compreensão e interpretação de texto é relevante não apenas para o Enem e vestibulares, mas para toda a vida. É crucial ter a capacidade de fazer uma leitura consciente e interpretativa em diferentes situações. Confira, a seguir, uma lista de dicas para o desenvolvimento dessa habilidade.

1. Dedique-se à leitura

Ler é o melhor exercício para aperfeiçoar sua capacidade de compreensão e interpretação de texto. Dessa forma, é interessante aumentar a sua carga diária de leitura. Além de livros, inclua em sua rotina a leitura de jornais, blogs, sites variados, redes sociais, entre outros. Diferentes fontes te ajudarão a desenvolver ferramentas distintas para a compreensão e interpretação.

Fica a dica de que também é possível expandir seu repertório a partir da análise de discursos em outros formatos, como o audiovisual, por exemplo. Assistir a um documentário ou ouvir uma música, atentando-se para compreender a sua mensagem, te ajudará a ter mais facilidade para interpretar questões em uma prova, por exemplo.

2. Melhore sua capacidade de concentração

Concentrar-se na leitura é fundamental para compreender o seu sentido, afinal, se não há foco no que está sendo lido, é possível reler o mesmo trecho por dez vezes e não entender. Isso significa que você precisa começar a trabalhar a sua capacidade de concentração na atividade de leitura. Uma medida importante nesse sentido é separar um tempo diário apenas para ler, nesse período você se concentrará nessa atividade.

Uma boa leitura depende de um lugar confortável e tranquilo, evite as redes sociais nesses momentos. Esvazie a sua mente enquanto lê para se concentrar apenas na leitura. Para quem tem dificuldade de encontrar um lugar silencioso em casa, recomendamos o uso de fones de ouvido com uma música de concentração. No começo, pode ser difícil manter o foco, mas vale a pena persistir.

3. Interprete por trechos

Uma forma de facilitar a interpretação de um texto é fazer uma interpretação por trechos. Basicamente, isso significa ler o texto e ir explicando a si mesmo o que cada um deles quer comunicar. No final da leitura, você terá uma compreensão mais ampla do texto em comparação com o processo de ler tudo para somente depois interpretar.

Para tornar esse processo mais simples, adquira o hábito de destacar as palavras e frases mais relevantes para a compreensão. Pare a leitura em determinados pontos e repasse o que leu e entendeu até o momento. Em uma folha de papel, escreva um resumo do que foi lido. Torne o processo mais gráfico com o uso de palavras-chave destacadas e círculos.

4. Dedique-se ao estudo de gramática

O conhecimento gramatical da língua portuguesa funciona como uma base para uma leitura com melhor compreensão e interpretação. A gramática funciona como suporte também para aprimorar sua capacidade de escrita.

Mais do que conhecer a forma correta de grafar determinadas palavras, a gramática ajuda a entender as estruturas aplicadas aos textos. A partir dessa estrutura, é possível entender o sentido das frases. Uma dica é ter um dicionário ao seu lado enquanto estiver fazendo uma leitura para poder fazer consultas pontuais.

5. Tenha o hábito de escrever

Leitura e escrita são processos bastante relacionados, de maneira que um depende do desenvolvimento do outro. Uma pessoa que escreve bem amplia a sua capacidade interpretativa, pois se vale também de construções textuais para transmitir mensagens. Ao trabalhar com o encadeamento de frases, visando estabelecer um sentido, o indivíduo consegue identificar esses encadeamentos ao ler.

Você pode aprimorar a sua capacidade de escrita fazendo resumos das matérias estudadas para o Enem e treinos de escrita de redação. Outros bons mecanismos para o desenvolvimento dessa capacidade são escrever textos narrativos, praticar a escrita de textos dissertativos e até mesmo deixar recados para sua família.

6. Faça simulados

Ao fazer simulados do Enem e outros vestibulares, você terá a oportunidade de verificar seus conhecimentos a respeito de todas as disciplinas e, também, a capacidade de interpretação de texto. Quando estiver resolvendo as questões do simulado, dê uma atenção especial para a leitura e compreensão dos enunciados.

Em questões que trazem textos de apoio, o ideal é ler primeiro a pergunta, ainda que os textos apareçam antes. Dessa maneira, você faz uma leitura buscando os pontos principais que devem constar na resposta. É interessante identificar os gêneros textuais contidos nos textos que acompanham uma questão. Durante a leitura, tente identificar quais são os objetivos do autor.

Leia as questões mais de uma vez, na primeira leitura tente compreender a ideia geral do autor. Em seguida, tente encontrar os pontos que ajudem a justificar a resposta. A partir desse esforço, você poderá eliminar as respostas erradas em questões de múltipla escolha.

Compreensão e interpretação de texto são fundamentais para a vida como um todo! Para conferir mais conteúdos de língua portuguesa e dicas para ter um bom desempenho em redações, fique ligado no blog do Hexag!

Retornar ao blog