Como começar uma redação?

É normal que candidatos que vão prestar vestibulares e Enem se perguntem como começar uma redação com potencial para tirar uma nota alta. Essa é uma das etapas da prova que costuma causar mais preocupação em muitos estudantes, pois possui um grau elevado de dificuldade. No entanto, com bom conhecimento da língua portuguesa e leitura a respeito dos temas mais atuais, é possível estar bem preparado.

Para te ajudar a driblar o tão famoso “branco”, apresentaremos a seguir algumas dicas de como dar início à sua redação de forma satisfatória. Com um bom início, o candidato tem boas chances de fazer uma boa pontuação. Lembre-se de que a redação pode ajudar a alavancar a sua nota!

Dicas de como começar uma redação

No dia da prova do vestibular ou Enem, é natural que os candidatos fiquem nervosos quanto à descoberta do tema da redação. Com a autorização dada para abrir o caderno de provas, grande parte dos estudantes vai direto à página da redação para saber a respeito de que deverá discorrer em seu texto.

Para quem está nervoso com essa etapa da prova, temos algumas recomendações para fazer que tornarão seus resultados potencialmente melhores. Confira as dicas que listamos a seguir!

1 – Leia com MUITA atenção o enunciado da redação

Na pressa para resolver rapidamente a redação, muitos candidatos não leem com atenção o enunciado, isso pode causar desvios do tema que, em casos extremos de fuga do que foi solicitado, levam a zerar na redação.

A primeira dica desta lista é ler o enunciado e os textos de apoio quantas vezes forem necessárias para ter a certeza de que entendeu o que se espera da sua redação. Pergunte-se: “Sobre o que devo escrever?”; “Qual o direcionamento dos textos de apoio?”; “O que não pode faltar em meu texto?”.

2 – Título da redação

Na redação do Enem o título é opcional, se você escolher usá-lo, deixe para defini-lo depois de terminar de escrever o texto. Assim fica mais fácil observar se a opção escolhida está adequada para os pontos apresentados ao longo da redação.

3 – Iniciando o texto

A questão mais importante de entender a respeito de redações de vestibulares e Enem é que não existe uma fórmula para iniciar. A forma de introduzir o tema depende de como será o seu texto de forma geral.

Textos dissertativos (tipo solicitado pelo Enem) devem apresentar em suas primeiras linhas a tese do candidato a respeito do tema, mas isso pode ser feito de maneiras distintas. A seguir você poderá conhecer as principais formas de começar a sua redação:

Alusão histórica

Nessa introdução, o candidato apresenta um fato histórico como uma forma de mostrar os seus reflexos nos dias atuais ou para demonstrar como uma determinada situação mudou ao longo dos anos em decorrência de um evento passado.

Citação

Fazer uma citação no início do texto da sua redação pode ajudar a introduzir a sua tese com mais credibilidade. Vale dizer que essa citação pode ser desde a fala de um cientista famoso até trechos de canções.

É possível adicionar a citação de forma direta, ou seja, com aspas ou de forma indireta, parafraseando o citado. Lembre-se que, citando direta ou indiretamente, é necessário creditar o autor para não perder pontos por plágio.

Comparação

Esse tipo de introdução ajuda a apresentar a tese do candidato usando como exemplo outro país, experiência ou ideia que poderiam se encaixar no contexto abordado pelo tema da redação. Porém, ao escolher esse modelo, é essencial que se atente para não comparar civilizações que possuem realidades muito distintas entre si ou, então, ferir os Direitos Humanos.

Conceito

Iniciar a redação com a apresentação de um conceito que será relevante para a compreensão do tema pode ajudar a conferir mais credibilidade para a sua produção textual. Lembre-se de citar se a definição apresentada se baseia no dicionário, em algum pensador, no conhecimento popular ou outra fonte. Deixe claro de onde vem a informação que está sendo apresentada.

O conceito em questão pode ser extraído dos conteúdos que acompanham o enunciado da redação na prova. Você pode usar dados de pesquisas, fatos ou exemplos que constam nesse material, lembrando-se de mencionar qual a origem dos mesmos.  

Narração

Esse tipo de início tem grandes chances de prender a atenção do leitor, a narração pode se basear em um fato real (como uma cena histórica) ou ser ficcional. Geralmente, a narração no início da redação tem como objetivo exemplificar o assunto que será abordado ou promover uma comparação entre a realidade que está sendo descrita e o problema apresentado na redação.

4 – Seja objetivo

Independentemente da forma como o candidato escolha iniciar a sua redação, é importante que seja objetivo. Como já foi mencionado, na introdução é esperada a apresentação da tese que será defendida nos parágrafos seguintes. O candidato deve se preocupar em deixar claro em poucas linhas o que irá defender ao longo do texto.

5 – Cuidado para não repetir o enunciado

Alguns candidatos cometem o erro de repetir o enunciado da questão no início da redação, por insegurança de começar com suas próprias palavras ou por desejar usar algum dado apresentado nos textos motivacionais.

Você pode utilizar dados extraídos desses conteúdos de apoio, mas com o cuidado de escrever com suas palavras citando a fonte. Leia e releia seu texto para ter certeza de que não copiou nenhum trecho do enunciado, isso pode levar à perda de pontos.

6 – Use uma abordagem adequada ao seu conhecimento

Se a redação tiver como tema um assunto que você domina, aproveite para demonstrar esse conhecimento através da apresentação de fatos históricos e outros reforços. No entanto, se não tem grande conhecimento a respeito do tema, não tente fingir que tem, adote uma abordagem a partir do seu ponto de vista, respeitando o solicitado pelo enunciado.

7 – Respeite a estrutura de texto argumentativo-dissertativo

A redação do Enem deve ser um texto argumentativo-dissertativo, ou seja, deve seguir a estrutura de introdução, desenvolvimento e conclusão. Respeitar isso é essencial para ter um bom desempenho. Portanto, siga esse modelo com atenção ao bom uso da língua portuguesa e apresentação de argumentos (no desenvolvimento) que reforcem a tese (apresentada na introdução), levando a possibilidades de intervenção válidas (conclusão).

Começar uma boa redação pode ser mais simples do que parece, mas, para chegar lá, é preciso treino e pesquisa. Quanto mais estiver por dentro das regras de escrita e dos assuntos da atualidade, maiores são as chances de escrever um excelente texto!

Retornar ao blog