Tudo sobre Albert Einstein: frases, biografia e produção científica

O físico alemão Albert Einstein (1879-1955) é um dos maiores nomes da Física Moderna, tendo como destaque de sua carreira o desenvolvimento da Teoria da Relatividade Geral. No artigo a seguir você poderá conhecer melhor a sua biografia, produção científica e algumas frases que se tornaram famosas.

Biografia de Albert Einstein

Albert Einstein nasceu na cidade de Ulm, Alemanha, em 1879. Seus pais eram judeus não praticantes e tinham uma oficina eletrônica. O empreendimento familiar não ia muito bem antes do nascimento de Albert. Com a chegada do filho, a família decidiu se mudar para Munique, capital da Baviera. O objetivo era ter melhores condições financeiras.

Em Munique, Einstein recebeu sua educação formal e cabe desfazer o mito de que ele era um mau aluno. Nesse período, o futuro físico ainda não dava sinais de genialidade, mas também não tinha mau desempenho escolar como costumam dizer. A preferência dele enquanto estudante era pelas matérias que demandavam raciocínio lógico, como a matemática. 

Formação em Matemática e Física

Albert Einstein se formou em Matemática e Física em 1900, quando tinha apenas 21 anos. Ao longo do período de graduação, não se destacou por ser um bom aluno, pois faltava constantemente às aulas. Segundo o próprio físico confessou em notas autobiográficas, era normal que ele deixasse de frequentar as classes para fazer suas próprias leituras e enveredar por questões mais complexas. 

Para Einstein, as questões trabalhadas na graduação eram demasiadamente superficiais. Após concluir o curso, ele passou um bom tempo desempregado. Tentou o cargo de professor-assistente, porém, não conseguiu. Grossman, um de seus amigos, conseguiu para ele um emprego no Departamento Oficial de Patentes de Berna, em 1902, onde ele se manteve até 1909. 

Casamento

Einstein foi casado com Mileva Maric, uma colega de classe, entre os anos de 1903 e 1913, com quem teve três filhos. Após se separar da primeira esposa, se casou com sua prima Elsa Lowenthal.

Produção científica de Albert Einstein

Einstein ingressou no Instituto Federal de Tecnologia da Suíça, em Zurique, no ano de 1896. Aos 26 anos de idade, publicou a sua teoria da relatividade espacial. Em 1905, apenas cinco anos após ter concluído a sua graduação, o físico publicou quatro artigos na revista científica alemã Annalen der Physik. Esses artigos mudaram totalmente a área da Física.

Primeiro artigo

O primeiro artigo foca no movimento browniano, Einstein explica o movimento de pequenas moléculas sobre a superfície de líquidos. 

Segundo artigo 

O segundo trabalho do físico teórico teve foco no efeito fotoelétrico. Esse artigo propõe que a luz tem natureza corpuscular, isto é, que a luz é constituída por pacotes de energia sem massa, os fótons. 

Foi a explicação de Einstein para o efeito fotoelétrico que originou o que se chama de dualidade onda-partícula. Algumas partículas, como elétrons e prótons, podem adotar comportamento de onda ou partícula. 

Terceiro artigo 

No terceiro artigo, Einstein discorre a respeito da sua teoria da relatividade especial. Basicamente, o físico propõe que tempo e espaço não são absolutos, pois dependem do observador. Esse conceito contraria totalmente a mecânica newtoniana e trouxe novos conhecimentos para a Física, como a dilatação temporal e contração espacial. 

Einstein desenvolveu a teoria da relatividade geral apenas alguns anos mais tarde, que tem como foco a deformação do espaço e do tempo ocasionada por corpos massivos. A teoria elaborada por Einstein tinha como uma de suas consequências a existência de ondas gravitacionais. 

A existência dessas ondas apenas pode ser confirmada em 2017, porque não havia tecnologias capazes de fazer essa detecção. Outro ponto que impedia essa confirmação era a necessidade de um evento astronômico de grande escala capaz de produzir ondas gravitacionais detectáveis, como, por exemplo, buracos negros supermassivos. 

Quarto artigo

O quarto artigo publicado por Einstein, em 1905, detalhou o desenvolvimento matemático da teoria da relatividade e foi responsável por apresentar ao mundo uma das equações mais famosas:

E = mc2

Essa relação aponta a equivalência entre massa de repouso e energia. A equação foi utilizada para realizar os cálculos de energia liberada em reações nucleares. Com esses cálculos, inúmeras aplicações tecnológicas surgiram como ogivas e usinas nucleares. 

Nobel de Física de Albert Einstein

Curiosamente, Albert Einstein foi laureado com o prêmio Nobel de Física apenas uma vez, em 1921. O prêmio foi concedido pela explicação do efeito fotoelétrico e não pela teoria da relatividade. 

A partir da explicação do efeito fotoelétrico, se tornou possível desenvolver as células fotovoltaicas que têm a capacidade de converter energia carregada pelos fótons (partículas de luz) em correntes elétricas para alimentar residências, propriedades rurais e fábricas em todo o planeta. 

A morte de Albert Einstein

Em 1955, Albert Einstein faleceu em Nova Jersey, nos Estados Unidos. Nos seus últimos anos de vida, o físico estava em busca de uma teoria capaz de unificar todas as forças da natureza. Ele procurava por uma única lei geral capaz de explicar todas as interações do universo. 

Frases de Albert Einstein

Confira abaixo algumas frases famosas de Albert Einstein.

“A imaginação é mais importante que o conhecimento.”

O físico disse essa frase durante uma entrevista concedida a um jornal em 1929.

“É mais fácil desnaturar o plutônio do que desnaturar o espírito maligno do homem.” 

Essa frase, de 1946, está presente no livro Einstein on politics.

“Procure ser uma pessoa de valor, em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso. O sucesso é consequência.”

Essa frase foi dita em uma entrevista à revista LIFE em 1955. 

Agora você conhece mais sobre a vida e a obra de Albert Einstein!

Retornar ao blog