O que é sintaxe?

A sintaxe é a área dentro da gramática focada no estudo das palavras dentro das frases e das orações e também da forma como as palavras se relacionam entre si. Também faz o estudo da oração dentro do período, possibilitando que a frase faça sentido e que as palavras sejam colocadas na ordem correta dentro da oração. Continue lendo para entender mais sobre o tema.

Entenda o que é sintaxe

Como explicamos acima, a sintaxe consiste em uma parte fundamental dentro da gramática que tem como foco o estudo das palavras dentro de frases e orações. A partir dela é possível compreender como as palavras se relacionam entre si. Também permite fazer o estudo dessa oração dentro do período, de forma que a frase tenha sentido e as palavras sejam usadas na ordem correta. 

Tais definições são cruciais para que as frases, orações e períodos tenham sentido e sejam facilmente compreendidas pelo leitor. A sintaxe é essencial para construir um texto coerente, conciso e que seja passível de compreensão. Porém, para entender melhor o que é sintaxe, é importante conhecer outros conceitos que explicaremos a seguir.

Frase, oração e período: o que são?

Entender as diferenças entre frase, oração e período é determinante para compreender a relevância da sintaxe na língua portuguesa. Esses três itens têm papéis distintos na construção e transmissão de ideias. Abaixo iremos explicar com mais detalhes cada um dos conceitos para que seja mais fácil entender como a sintaxe é essencial. 

O que é frase?

A frase se caracteriza por ser qualquer enunciado que transmite uma ideia que tenha sentido. Frases não contam a presença de verbos. 

O que é oração?

Consiste em uma frase que tem sentido e que possui a presença de verbo. Trata-se de qualquer enunciado que está organizado em torno de um verbo.

O que é período simples?

O chamado período simples é aquele que pode ter somente uma oração e ser finalizado por um sinal de pontuação, confira os exemplos: 

“Laura é uma moça muito inteligente.”.

“Carlos gosta de ir ao shopping.”. 

O que é período composto?

Nesse caso, o enunciado pode ter duas ou mais orações e ser finalizado por um sinal de pontuação, confira os exemplos: 

“Fausto é um jovem muito feliz e consegue fazer vários amigos.”.

“Cláudia gosta de jogar videogame e adora viajar.”. 

Função sintática: o que é?

Em uma oração, cada termo possui a sua função sintática. A partir da análise sintática dá para determinar a função sintática dos termos. Assim, é possível entender melhor o papel que desempenha dentro do período e como interfere no sentido da ideia que está sendo expressada. Confira abaixo os elementos da função sintática: 

Sujeito

O sujeito pode ser determinado, indeterminado ou oculto. O sujeito determinado pode ser subdividido em simples ou composto, tudo depende da quantidade de núcleos que possui. 

Predicado verbal

Os verbos desse predicado podem ser transitivos, intransitivos e de ligação. 

Predicativo

Na frase é possível encontrar ainda o predicativo do sujeito e o predicativo do objeto. 

Objetos

O objeto pode ser direto ou indireto, confira mais detalhes abaixo.

Objeto direto

É o termo que completa o sentido de um verbo transitivo direto ou de um verbo transitivo direto e indireto sem a necessidade de preposição (por isso é chamado de direto).

Objeto indireto

Esse é o termo que serve de complemento para o sentido de um verbo transitivo direto ou transitivo direto e indireto, utilizando uma preposição (por isso é chamado de indireto). 

Complemento verbal

Esses complementos têm a função de complementar o sentido dos verbos transitivos. Podem ser classificados como diretos, indiretos ou ainda como diretos e indiretos ao mesmo tempo. 

Complemento nominal

A função desse complemento é completar o sentido de um nome (que pode ser um substantivo, advérbio ou adjetivo). 

Agente da passiva

Sua função é indicar o executor de uma ação, em uma voz passiva e seguido de preposição sempre. 

Adjunto adnominal

A função do adjunto adnominal é caracterizar um substantivo que é considerado como o agente da ação, usando artigos, adjetivos, numerais, pronomes e locuções adjetivas. 

Adjunto adverbial

Esse elemento é usado quando existe indicação de uma circunstância que envolve um verbo ou advérbio. 

Vocativo

O vocativo se caracteriza por ser um termo isolado da oração, ou seja, não faz parte nem do sujeito e nem do predicado. Usado para chamar a atenção do leitor, o vocativo aparece separado do restante da oração por algum sinal de pontuação. Não confunda com o aposto que explicaremos abaixo. 

Aposto

O aposto tem a função de explicar um substantivo, isto é, caracterizar o que está sendo apresentado pelo substantivo. 

O foco da análise sintática está em estudar a função e ligação de cada elemento que compõem um período específico. Realizando a análise sintática é mais fácil entender como cada um dos elementos da oração se forma. 

Gostou de saber mais sobre sintaxe? Lembre-se de que é um tema importante no estudo para o Enem e vestibulares! 

Retornar ao blog