Saiba tudo sobre Funções inorgânicas

Recebe o nome de funções inorgânicas os grupos de compostos inorgânicos que possuem características semelhantes. Os compostos orgânicos são aqueles que apresentam átomos de carbono. Por sua vez, os compostos inorgânicos são constituídos pelos outros elementos químicos. 

Contudo, há exceções, como o CO, CO2 e Na2CO3, que apesar de terem carbono em sua fórmula estrutural apresentam características de substâncias inorgânicas. As quatro principais funções desse grupo são: ácidos, bases, sais e óxidos. Continue lendo para saber mais. 

Funções inorgânicas: tudo o que você precisa saber

As 4 principais funções inorgânicas foram definidas pelo químico Arrhenius. Ele foi o responsável por identificar íons nos ácidos, sais e bases. Continue lendo para saber mais sobre essas funções. 

Ácidos

Os ácidos caracterizam-se por ser compostos covalentes, isto é, eles compartilham elétrons nas suas ligações. Apresentam a capacidade de ionizar em água, formando cargas e liberando o H+ como único cátion. 

Classificação dos ácidos

A classificação dos ácidos leva em consideração a quantidade de hidrogênios que são liberados em solução aquosa e se ionizam reagindo com a água, dando origem ao íon hidrônio. Confira abaixo:

Monoácidos – Apresentam somente um hidrogênio ionizável. Exemplos: HNO3, HCN e HCl. 

Diácidos – Ácidos que têm dois hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H2S, H2SO4 e H2MnO4

Triácidos – São os ácidos que apresentam três hidrogênios ionizáveis. Exemplos: H3PO4 e H3BO3.

Tetrácidos – São os ácidos que apresentam quatro hidrogênios ionizáveis. Exemplo: H4P7O7

O ácido tem sua força mensurada pelo grau de ionização. 

Presença de oxigênio

Os ácidos podem ou não apresentar oxigênio na sua estrutura. 

Hidrácidos – São aqueles que não possuem átomos de oxigênio. Exemplos: HBr, HCN e HCl. 

Oxiácidos – Aqueles que apresentam oxigênio na sua estrutura. Exemplos: HNO3, HClO e H2CO3

Principais características dos ácidos

– Sabor azedo.

– Condução de corrente elétrica, uma vez que são soluções eletrolíticas. 

– Quando reagem com metais, como zinco e magnésio, formam o gás hidrogênio. 

– Quando reagem com o carbonato de cálcio formam gás carbônico. 

– Mudam os indicadores ácido-base para uma cor específica, o papel de tornassol azul se torna vermelho. 

Bases

Trata-se de compostos iônicos formados por cátions, em sua maioria metais, que se dissociam em água liberando então o ânion hidróxido (OH).

Classificação das bases

A classificação das bases pode ser feita de acordo com o número de hidroxilas liberadas em solução. Confira abaixo:

Monobases – Apresentam somente uma hidroxila. Exemplos: NH4OH, KOH e NaOH. 

Dibases – Esses compostos apresentam somente duas hidroxilas. Exemplos: Fe(OH)2, Ca(OH)2 e Mg(OH)2

Tribases – Apresentam três hidroxilas. Exemplos: Fe(OH)3 e Al(OH)3.

Tetrabases – Possuem quatro hidroxilas. Exemplos: Pb(OH)4 e Sn(OH)4

A força das bases é mensurada pelo seu grau de dissociação. 

Solubilidade em água

As bases podem ser solúveis, pouco solúveis ou praticamente insolúveis.

Solúveis – Bases de amônio e metais alcalinos. Exemplos: Ba(OH)2, Ca(OH)2 e NH4OH.

Principais características das bases

– Boa parte das bases é insolúvel em água.

– Em solução aquosa conduzem eletricidade.

– São escorregadias. 

– Formam sal e água como produtos quando reagem com ácido. 

– Mudam os indicadores ácido-base para uma cor específica, o papel tornassol vermelho fica azul. 

Sais

Esses compostos iônicos apresentam, pelo menos, um cátion diferente de H+ e um ânion diferente de OH. em uma reação entre um ácido e uma base (reação de neutralização) é possível obter um sal. 

Classificação dos sais

Confira abaixo as principais famílias de sais. A sua classificação pode ser feita conforme a sua solubilidade em água e a alteração do pH da solução. 

Sais solúveis em água mais comuns

Nitratos: NO3

Cloratos: ClO3-

Acetatos: H3C – COO

A exceção é o acetato de prata. 

Cloretos: Cl

Brometos: Br

Iodetos: I

As exceções são: Ag+, Hg22+ e Pb2+

Sulfatos: SO2-4

As exceções são: Ca2+, Ba2+, Sr2+ e Pb2+

Sais insolúveis em água mais comuns

Sulfetos: S2-

As exceções são: sulfetos de metais alcalinos, alcalino-terrosos e amônio. 

Carbonatos: CO2-3

Fosfatos: PO3-4

As exceções são: os de metais alcalinos e amônio. 

pH

Sais neutros – Aqueles que quando são dissolvidos em água não alteram o pH. Exemplo: NaCl.

Sais ácidos – Aqueles que, quando são dissolvidos em água, não fazem o pH da solução ficar menor do que 7. Exemplo: NH4Cl. 

Sais básicos – Aqueles que, quando são dissolvidos em água, não fazem o pH da solução ficar maior do que 7. Exemplo: CH3COONa. 

Principais características dos sais

– São compostos iônicos.

– Em temperaturas elevadas sofrem ebulição.

– São compostos sólidos e cristalinos. 

– Seu sabor é salgado.

– Conduzem corrente elétrica em solução. 

Óxidos

Os óxidos são compostos binários (moleculares ou iônicos) que apresentam dois elementos. Têm oxigênio na sua composição, esse é o seu elemento mais eletronegativo. Confira abaixo a fórmula geral de um óxido:

CV+2 O2-Y

Classificação dos óxidos

A classificação dos óxidos pode ser feita de acordo com as suas ligações químicas ou de acordo com as suas propriedades.

Classificação de acordo com suas ligações químicas

Iônicos  – Aqueles que são combinados com metais. Exemplo: ZnO. 

Moleculares – Aqueles que apresentam a combinação do oxigênio com elementos não metálicos. Exemplo: SO2

Classificação de acordo com as propriedades

Básicos – Aqueles que, em solução aquosa, alteram o pH para mais de 7. Exemplo: Li2O. 

Ácidos – Aqueles que, em solução aquosa, reagem com a água formando ácidos. Exemplos: SO3, CO2 e NO2

Neutros – Os óxidos que não reagem com a água. Exemplo: CO. 

Peróxidos – Aqueles que, em solução aquosa, reagem com a água ou ácidos diluídos, formando a água oxigenada (H2O2). Exemplo: Na2O2. 

Anfóteros – Aqueles que podem se comportar como ácidos ou bases. Exemplo: ZnO.

Principais características dos óxidos

– Consistem em substâncias binárias.

– Quando os óxidos metálicos reagem com ácidos, formam sal e água.

– Quando os óxidos metálicos reagem com bases, formam sal e água.

– São formados pela ligação do oxigênio com outros elementos, com exceção do flúor. 

Agora você sabe o mais importante sobre funções orgânicas. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog