Qual a importância da gramática?

Você sabe definir o conceito de gramática? Começamos com essa pergunta porque, antes de falar sobre a importância de alguma coisa, é fundamental saber exatamente o que ela é.

Se não dominamos o conceito profundamente, dificilmente entenderemos os seus impactos e influência em nosso dia a dia. Então, vamos conhecer melhor a gramática e a sua relevância?

O que é a gramática?

Vamos começar nossa busca pelo entendimento da importância da gramática pelo seu conceito. Segundo o Dicionário Aurélio, gramática consiste no estudo de fatos da linguagem, seja falada ou escrita, assim como das leis naturais responsáveis por sua regulação. 

A gramática nos apresenta as regras e também analisa as estruturas linguísticas dos falantes, aquelas que estão programadas em sua memória e possibilitam o uso da língua. Outra função é descrever o sistema de uma língua. Contudo, diferentemente do que se pensa, a gramática não existe para fazer uma distinção entre “certo” e “errado” na oralidade.

É verdade que ela determina as condições de uso da língua, especialmente na modalidade escrita. No entanto, essa disciplina não se presta a “corrigir” estruturas orais. Pois, se fizesse isso, vislumbraria apenas a norma culta como a correta. Na oralidade e coloquialidade não há a necessidade de seguir sempre pelo uso da norma culta.

A língua é dinâmica

Um idioma não pode ser entendido apenas como um monte de regras a serem seguidas pelos falantes. Cada indivíduo possui suas próprias características e experiências que se aplicam à forma como faz uso da linguagem.

Dessa maneira não há uma padronização comportamental que permita existir apenas um código de fala. A língua é dinâmica e uma ferramenta de comunicação que deve estar sempre disponível para os falantes.

Se houvesse uma limitação e a desconsideração da oralidade distante das regras gramaticais, incorreríamos em um caso de preconceito linguístico. Esse preconceito se caracteriza por excluir a relevância dos fatores sociais e culturais para a estruturação de uma língua.

Diferentes tipos de gramática

A seguir apresentaremos com mais detalhes os diferentes tipos de gramática.

Gramática normativa

Essa gramática tem como objetivo determinar as normas da fala e escrita corretas. Nesse caso, considera-se apenas a língua exemplar, aquela escolhida dentre as diversas formas de fala que formam a língua histórica. 

Gramática descritiva

Essa gramática se ocupa de descrever os fatos da língua, dando ênfase nas variações linguísticas. Dessa forma, não foca apenas no que é certo ou errado. 

Gramática histórica

O foco dessa gramática é empreender o estudo da origem e da evolução histórica de uma língua. Nessa categoria se encontram os estudos diacrônicos da língua. 

Gramática comparativa

Busca encontrar correspondências entre línguas diferentes para determinar as relações de parentesco. 

Qual é a importância da gramática?

Agora que já sabemos o que é a gramática, o que não é a gramática e seus diferentes tipos, podemos falar sobre sua relevância. A gramática é um ramo da linguística bastante relevante para o estudo da língua. Quando falamos sobre estudar a língua estamos nos referindo a uma investigação completa, desde a superfície até o mais profundo.

Através dos estudos empreendidos pelos diferentes tipos de gramática é possível investigar as características dinâmicas de uma língua e também a norma culta tida como padrão. A língua é uma ferramenta de comunicação que possui diferentes formatos, cada formato é mais adequado para uma situação e contexto.

Quando estudamos diferentes tipos de gramática temos acesso a esses diferentes formatos, podendo adaptá-los à nossa realidade. Logo, se não estudássemos a gramática, dificilmente conseguiríamos ter essa ampla variedade de recursos comunicativos. Para dominar a norma culta é necessário conhecer as variantes coloquiais e vice-versa. O conhecimento da gramática é especialmente importante para nos dar uma base.

Muito além do Enem

Engana-se quem pensa que o estudo da gramática e da língua como um todo tem como única função passar pelo Enem e vestibulares. Como deixamos claro ao longo do artigo, a língua é determinante para que possamos estabelecer uma comunicação efetiva. Isso significa que o seu conhecimento nos ajuda a estabelecer relações com as pessoas à nossa volta.

Quando estiver lendo um livro ou escrevendo a legenda de um post em uma rede social, saiba que está utilizando os recursos apreendidos do estudo gramatical. Sem o conhecimento dos códigos da língua não seria possível nem comprar pão na padaria da esquina. Conhecer as estruturas linguísticas e valorizá-las é essencial para se tornar alguém melhor inserido no mundo.

A gramática não objetiva definir o certo ou errado, apenas serve como um guia para entender as diferentes formas de comunicação de um idioma. Os diferentes tipos de gramática funcionam como ferramentas para investir vieses distintos de um idioma. Nesse sentido, ela é uma aliada e não uma inimiga dos falantes de um idioma. 

A gramática tem um papel essencial para o conhecimento e uso de um idioma.

Retornar ao blog