Passei no vestibular. E agora?

Para quem está se fazendo a seguinte pergunta “passei no vestibular e agora?”, vamos apresentar uma série de dicas de quais medidas tomar para dar início à tão sonhada vida acadêmica na graduação e como manter o equilíbrio emocional.

O período de transição da fase de estudante de vestibular para estudante de graduação deve ser vivenciado com tranquilidade para que todas as questões relevantes sejam assimiladas. Vamos lá?

Passei no vestibular, o que devo fazer agora?

Para te ajudar a passar por essa fase de forma tranquila e sem perder o que há de melhor nessa transição, reunimos na lista abaixo conselhos práticos e relacionados ao seu equilíbrio emocional. Tornar-se um estudante de um curso de graduação é a realização de um grande sonho para muitas pessoas e aproveitar ao máximo essa etapa é essencial.

1 – Relembre o motivo de ter escolhido o curso em que passou

Antes de tomar qualquer atitude, é interessante relembrar os motivos que o fizeram escolher o curso em que foi aprovado. Essa é uma fase para contemplar e aproveitar a satisfação do alcance do seu objetivo.

Ao repassar mentalmente o motivo de ter escolhido a carreira em questão, você está também fazendo projeções com foco no seu sucesso profissional em médio e longo prazo.

Pode ser que nessa fase sinta alguma insegurança por se tratar do início de uma nova jornada em sua vida e fazer reforços positivos em relação à empreitada contribui para que você esteja pronto para se dedicar.

2 – Reúna os documentos necessários

Ao ser aprovado no vestibular, você está apto para fazer a matrícula no tão sonhado curso de graduação. Para que o processo seja tranquilo, é importante ter em mãos todos os documentos solicitados pela instituição de ensino. Em geral, os documentos pedidos são:

  • Certidão de nascimento (original e cópia);
  • RG (original e cópia);
  • CPF (original e cópia);
  • Título de eleitor (original e cópia);
  • Comprovante de endereço (com no máximo três meses);
  • Comprovante de reservista;
  • Foto 3×4;
  • Histórico escolar (original e cópia);
  • Certificado de conclusão do Ensino Médio (original e cópia).

Atenção!

Você deve consultar a lista de documentos solicitados pela instituição de ensino em que irá ingressar para verificar se não existe alguma outra exigência, essa é uma lista genérica. Além disso, vá a escola em que concluiu o Ensino Médio o mais rápido possível para solicitar o certificado e o histórico escolar, pois esses documentos podem levar algum tempo para serem entregues.

3 – A matrícula

Um dos dias mais marcantes após ter passado no vestibular certamente é o da matrícula. Para efetivar o seu ingresso no ensino superior é necessário comparecer à instituição de ensino no dia e hora marcados.

Geralmente, as informações a respeito de matrícula (documentos, data, hora e local) são apresentadas no site da universidade e/ou no manual do candidato. Siga as instruções para garantir a sua vaga, se tiver dúvidas entre em contato com a secretaria do seu curso (pode ser por telefone, e-mail ou até redes sociais, caso haja). Lembre-se de que o mais importante é não perder o prazo!

4 – Organize a sua nova vida

Quem já mora na cidade em que irá cursar a faculdade tem uma facilidade a mais para se organizar. Se você vai estudar em outra cidade, precisa começar a procurar um lugar para morar. Uma dica é pesquisar nas redes sociais em grupos de estudantes do mesmo curso e/ou universidade que você.

Morar em repúblicas ou outros tipos de moradias para estudantes pode ser uma alternativa mais em conta para esse início de vida acadêmica na graduação. Tendo encontrado um local dentro das suas possibilidades financeiras, é necessário pensar em como fará para chegar à universidade todos os dias no horário certo. Se for um local próximo ao campus, tenha a certeza de que é seguro ir caminhando.

5 – Vá às compras

Uma das grandes alegrias da infância para muitas crianças é comprar o material escolar no início de cada letivo e isso continua sendo válido também para os adultos que estão chegando a um curso de graduação.

É interessante que antes do começo das aulas o estudante compre os materiais básicos como cadernos, lápis, canetas e outros itens que julgue necessário (como réguas, calculadoras e afins).

No entanto, saiba que, quando as aulas começarem, poderão ser solicitados outros materiais, como livros, apostilas etc. Ter uma reserva financeira para a compra de materiais é interessante para não ficar na mão.

6 – Anote os números das salas

Geralmente, universidades concentram em um único campus vários cursos e, para isso, possuem muitos prédios e diversas salas. Para não ser um calouro perdido na universidade, é válido anotar os dias e horários das disciplinas, juntamente com o número das salas.

Memorize ou anote os nomes dos edifícios da universidade para não se confundir na hora de ir de uma aula para outra. No começo pode ser um pouco confuso, mas logo você se acostuma.

7 – Leia alguns artigos acadêmicos

Para entrar com o pé direito na sua nova vida estudantil, recomendamos que faça a leitura de alguns artigos acadêmicos para entender como é o sistema de escrita e as abordagens. Mesmo quem vai muito bem na redação do vestibular pode se sentir um tanto perdido no começo, pois há uma outra lógica na produção textual da graduação.

Claro que, naturalmente, há um período de transição entre a mentalidade estudantil do ensino médio para a mentalidade da graduação universitária, porém, você pode acelerar o processo fazendo essas leituras.

8 – Comemore com seus amigos e família

Passar no vestibular é uma grande alegria resultante de muito esforço, então, aproveite também para comemorar com seus amigos e familiares. Festejar com quem sempre esteve ao seu lado é uma forma de prolongar seu momento de êxito.

Com essas dicas você conseguirá se organizar para começar a viver essa fase tão importante que é a graduação.

Retornar ao blog