Oceano Atlântico: características e sua importância

O oceano Atlântico tem uma característica bastante particular, sendo o único que se comunica com os demais oceanos do planeta Terra. Ao sul encontra-se com o oceano Glacial Antártico, ao norte com o oceano Glacial Ártico, a leste com o Pacífico e a oeste com o Índico.

Continue lendo para saber mais sobre esse oceano que funciona como um elo de comunicação com os demais e que se configura em um corredor de ligação da biodiversidade.

Principais características do Oceano Atlântico

O oceano Atlântico é constituído por um conjunto de água responsável por cobrir cerca de 16,7% da superfície do planeta. Isso equivale a 85,13 milhões de quilômetros quadrados. É o segundo maior oceano da Terra, o primeiro é o Pacífico. Comparativamente, o Atlântico comporta quase metade da água que o Pacífico possui.

Observando o oceano Atlântico podemos concluir que se trata de um oceano estreito, no entanto, longitudinal. Como já mencionamos, esse oceano se comunica com todos os outros. Na sua formação há diversos golfos, estreitos, baías e mares. Destacamos: Mar de Labrador, Mar Negro, Mar do Caribe, Mar da Irlanda, Mar da Noruega, Mar Mediterrâneo, Mar Báltico, Mar da Escócia, Mar da Groenlândia e Mar do Norte. 

Se estende do paralelo 60° N ao paralelo 60° S, estes paralelos marcam, respectivamente, a transição das águas dos oceanos Ártico e Antártico. As águas do Atlântico são divididas comumente em Atlântico Norte e Atlântico Sul de acordo com os hemisférios, banhando quase todas as zonas climáticas do planeta. 

As águas estão sujeitas a diferentes sistemas de pressão e circulação atmosférica. As regiões mais próximas ao Equador se mostram mais suscetíveis a tempestades tropicais e extratropicais além de furacões. A forma principal do relevo oceânico Atlântico é a dorsal Meso-Atlântica, uma cordilheira que possui 1600 metros de largura. 

Importância do Oceano Atlântico

O oceano Atlântico tem grande relevância para o planeta devido a diferentes fatores, como econômico, ambiental e social. Trata-se de um dos oceanos mais movimentados devido a sua localização, banha nações desenvolvidas europeias, Canadá e Estados Unidos. É uma importante rota de navegação, recebendo fluxo comercial e de transporte de pessoas. Contribui para o desenvolvimento econômico das potências supramencionadas.

Transportar cargas pesadas por outros meios de transporte pode sair mais caro e isso torna inviável. Para nações da América, Europa e África é muito mais interessante economicamente realizar o transporte pelo oceano. Consiste em uma importante rota comercial e também vem se convertendo em uma rota turística devido à presença de belas praias e paraísos naturais, como o Caribe e o litoral do Brasil. 

O oceano Atlântico ainda tem grande relevância no tocante à exploração de riquezas naturais, como reservas de petróleo, por exemplo. Essas reservas encontradas no mar e em oceanos próximos contemplam o Brasil (pré-sal), México, Estados Unidos e Venezuela. México e EUA também exploram outros recursos, como o gás natural. Esse oceano tem ainda uma destacada biodiversidade. 

Oceano Atlântico: conheça seus problemas ambientais

Os oceanos são sistemas ambientais complexos e amplos, apresentando rica biodiversidade de plantas e animais. Sendo assim, os problemas ambientais que os acometem se mostram demasiadamente complicados. De maneira geral, os impactos ambientais nos oceanos costumam ser grandes, uma vez que acometem áreas geográficas amplas.

Nos últimos anos, a pesca aumentou consideravelmente e, dessa forma, passou a ter um impacto mais relevante. A atividade pode ser realizada nos mares, mas também em alto-mar. Quando essas atividades são intensificadas podem colocar em risco as espécies que vivem nesse bioma e isso pode levá-las à extinção. Pode ocorrer a perda de espécies da fauna e da flora marinhas devido à constante retirada. 

A exploração de recursos minerais e energéticos, assim como o intenso tráfego de navios, também gera um impacto considerável. O lixo e petróleo que podem ser liberados na água acabam afetando inúmeras espécies. Não é incomum que ocorram acidentes envolvendo explosões e derramamento de petróleo nas plataformas localizadas em alto-mar.

Os acidentes ambientais podem afetar e levar à morte pequenas e grandes espécies de animais marinhos. Também podem afetar as populações de algas, impactando a produção de oxigênio e de peixes, levando ao desequilíbrio da fauna marinha, bem como da sua cadeia alimentar. 

O lixo descartado no oceano afeta as condições de vida de peixes, tartarugas, golfinhos, baleias, entre outras espécies. Trata-se de uma prática, infelizmente, recorrente, tanto da parte de navios carregados com lixo quanto de navios turísticos ou de transporte de pessoas. Embora os dois últimos tenham menor quantidade de lixo, ainda prejudicam o oceano. 

Quais são os territórios banhados pelo Oceano Atlântico? 

Embora seja apenas o segundo maior oceano do planeta, o Atlântico banha mais países com seus mares. Ele banha países nas três porções do continente americano: América do Norte, América Central e América do Sul. 

Também banha todo o litoral oeste da África, assim como o norte do continente (com o mar Mediterrâneo). A Europa é banhada por esse oceano nas suas porções Oeste e Sul. O Oriente Médio (Ásia) também conta com as águas do Atlântico. 

Agora você conhece mais sobre o oceano Atlântico!

Retornar ao blog