O que são centríolos?

Os centríolos têm um papel essencial na separação do material genético durante a divisão celular e são capazes de formar cílios e flagelos. Continue lendo para saber mais sobre essas organelas que se encontram presentes nas células eucariontes e vegetais. Boa leitura!

Afinal, o que são centríolos?

Centríolos são organelas citoplasmáticas que estão presentes em células eucariontes ou eucarióticas (exceto nos fungos) e células vegetais com sementes (gminospermas e angiospermas). Sua principal função é separar o material genético na divisão celular. Possuem a capacidade de formar cílios e flagelos.

Essas organelas também apresentam outras funções, como: 

– Ajudam na estruturação celular e nos processos de meiose e mitose, essenciais para a divisão celular, regeneração de tecidos e reprodução. 

– Realizam a organização do fuso mitótico.

– Têm a capacidade de se duplicar ao longo do ciclo que incorpora a divisão celular. 

– Deslocam-se na direção dos pólos das células para a formação de cílios e flagelos. 

– Se deslocam em direção aos pólos da células para formar os cílios e flagelos. 

O que são Organelas Citoplasmáticas?

Os centríolos são organelas citoplasmáticas, mas, afinal, o que é isso? Na parte interna da célula existe uma estrutura chamada citoplasma. Nele, existem repartições separadas entre si que são chamadas de organelas ou orgânulos.

As organelas são responsáveis por funções como respiração, fabricação e armazenamento de substâncias. Os centríolos não são as únicas organelas citoplasmáticas, confira outras abaixo: 

Ribossomos

São organelas não membranosas responsáveis por realizar a síntese proteica.

Citoesqueleto

É encontrado nas células eucarióticas e entre as suas funções estão a organização interna da célula e seu formato, além de garantir a transferência de substâncias. É responsável também pelo movimento de organelas no espaço intracelular e outros movimentos celulares. 

Retículo endoplasmático

É encontrado nas células eucarióticas e realiza o transporte de substâncias pelo citoplasma.

Complexo de golgi

Constituído por membrana lipoprotéica apresenta a função de secreção celular. 

Lisossomos 

Essas organelas são originadas no complexo golgiense e realizam a digestão intracelular. 

Mitocôndrias

Liberam energia para o metabolismo celular.

Cloroplastos

Também atuam nos processos energéticos, tendo como função a fotossíntese. 

Vacúolos 

Essas estruturas armazenam água, carboidratos, sais minerais e aminoácidos. 

Parede celular

Bastante comum entre os vegetais, é uma estrutura que fornece proteção extra para a membrana plasmática. 

Os centríolos fazem parte do grupo de organelas citoplasmáticas e tem uma função essencial. 

Centríolos: conheça sua função, estrutura e características

Centríolos são organelas citoplasmáticas formadas por túbulos de proteínas e bastante comuns em células eucariontes. Contudo, não estão presentes nas células de fungos complexos e nem de plantas superiores e nematóides.

Os centríolos são encontrados em boa parte das células das algas e de vegetais inferiores como pteridófitas e briófitas, além de células de animais. São essenciais para esses organismos. 

Ficam localizados perto do núcleo, uma região que é chamada de centrossomo. Encontram-se organizados em pares e perpendicularmente uns aos outros. Apesar de apresentarem uma organização simples, são fundamentais para o funcionamento celular. 

Estão distribuídos em um conjunto de microtúbulos compostos por proteínas globulares alfa e beta em uma ordenação padrão. Existem nove grupos, cada um constituído por três microtúbulos conectados por proteínas chamadas de dineínas. 

Funções dos centríolos

Confira abaixo mais detalhes sobre as funções dos centríolos.

Composição do fuso aromático durante a divisão celular por meiose e mitose

Os pares dessa organela se deslocam, cada um para um lado da célula, espalhando projeções para a formação de estruturas filamentosas. Em seguida, os feixes filamentosos se conectam à área mais condensada dos cromossomos que da mesma forma separa os cromossomos homólogos ou as cromátides irmãs. 

Formação dos cílios e flagelos

Os centríolos desenvolvem cílios ou flagelos dependendo do organismo, pode ser unicelular ou multicelular. Essas estruturas são importantes para várias atividades. Nas algas e protozoários têm função na absorção de partículas e são fundamentais para a locomoção. 

Cílios e Flagelos

Cílios e flagelos consistem em estruturas desenvolvidas a partir dos centríolos e que participam de processos como locomoção e revestimento das células especializadas. Essas estruturas migram da região do centromosso para a região periférica da célula se desenvolvendo através do alongamento dos microtúbulos. 

Essas estruturas são acompanhadas nesse processo pela membrana plasmática que faz a sua cobertura. Apesar de serem formados da mesma maneira, cílios e flagelos possuem tamanho e movimentação diferentes.

Essas estruturas proteicas são também encontradas em partes distintas como você poderá ver abaixo: 

Cílios

Cílios são mais curtos do que os flagelos e realizam a função locomotora. Há mais cílios do que flagelos nas células. O seu movimento acontece de forma semelhante a um chicote. Há cílios na traqueia, por exemplo, cumprindo a função de ajudar no transporte do muco e eliminação de substâncias.

Quando realizam a expulsão do muco, os cílios lubrificam as vias respiratórias, eliminando do organismo partículas e bactérias absorvidas pelo ar. São encontrados também em grupos de protozoários, permitindo que se movimentem em meio aquoso. 

Flagelos

Maiores do que os cílios, os flagelos atuam na mobilidade da célula. Movimentam-se por ondulações, se deslocando da base para a extremidade livre do filamento. Normalmente, são encontrados em protozoários e células reprodutoras, como o espermatozoide. 

Agora você sabe o que são centríolos e quais são as suas funções. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog