O que foi o Tratado de Tordesilhas?

O Tratado de Tordesilhas foi celebrado entre os reinos de Portugal e Castela no dia 7 de junho de 1494 com o objetivo de dividir o chamado Novo Mundo. O acordo, assinado na cidade de Tordesilhas, na Espanha, previa a instauração de um meridiano a 370 léguas a oeste do Arquipélago de Cabo Verde, na África. A parte oriental foi concedida a Portugal e a ocidental para a Espanha. Continue lendo e saiba mais.

Tratado de Tordesilhas: conheça a sua história

Os reinos de Portugal e Castela (Espanha) se destacaram como pioneiros na expansão marítimo-comercial empreendida nos séculos XV e XVI. As duas nações investiam fortemente nas grandes navegações em busca de novas rotas comerciais.

Como as principais engajadas nesse processo, as duas coroas disputavam a posse dos territórios recém-descobertos. Para tentar resolver a situação de forma pacífica, os reinos assinaram diversos tratados.

O primeiro dentre esses tratados foi o Tratado de Alcáçovas (1479) que tinha como base um paralelo traçado a partir das Ilhas Canárias. Regiões ao norte seriam do reino de Castela e ao sul ao reino de Portugal. Porém, tudo mudou quando Cristóvão Colombo desembarcou na América no ano de 1492.

Devido a esse novo panorama, foram assinados a Bula “Inter Coetera”, em 1493, e o Tratado de Tordesilhas, em 1494. O paralelo foi substituído por um meridiano. O Tratado de Tordesilhas expandiu as terras que estavam estabelecidas pela Bula Inter Coetera. Foi um trabalho intenso da diplomacia portuguesa que conseguiu aumentar o limite do meridiano de 100 para 370 léguas a oeste do Arquipélago de Cabo Verde na África.

A linha imaginária definida pelo Tratado de Tordesilhas ficava situada entre a ilha de Santo Antão (Cabo Verde, que pertencia a Portugal) e as ilhas das Caraíbas descobertas por Colombo. No tratado, as ilhas estavam referidas como Cipango e Antília. Castela ratificou o acordo no dia 02 de julho e Portugal no dia 05 de setembro de 1494.

Resposta ao Tratado de Tordesilhas

Países como Holanda, Inglaterra e França questionaram a divisão dos territórios entre Castela e Portugal. A resposta foi a articulação de expedições para atacar os territórios que já estavam ocupados por espanhóis e portugueses. Esses países também desejavam conquistar territórios no novo mundo e, por isso, se organizaram para tentar obter terras de forma não pacífica.

Tratado de Tordesilhas: o seu fim

A divisão imposta pelo Tratado de Tordesilhas caiu em desuso a partir da União Ibérica (1580-1640). Portugal e suas possessões tornaram-se parte da Coroa espanhola. Isso permitiu que colonos portugueses não precisassem se ater somente à costa.

Teve início a expansão da presença portuguesa no interior do território. A expansão criou a necessidade de retraçar os limites das colônias americanas entre ambos os países, algo feito por meio do Tratado de Madri em 1750.

Bula Inter Coetera: o que foi?

O documento chamado Bula Inter Coetera (“Inter Coetera” vem do latim e significa “entre outros”) foi assinado em 4 de maio de 1493 pelo Papa Alexandre VI. Nesse acordo foi estabelecida uma linha imaginária a 100 léguas a oeste do Arquipélago do Cabo Verde, na África. As terras localizadas a leste seriam de Portugal, enquanto as terras a oeste do meridiano seriam de Castela.

A Coroa portuguesa não ficou contente com esse acordo, uma vez que o limite determinado tornava difícil as suas navegações pelo Oceano Atlântico. Em 1494, o então rei de Portugal, Dom João II, solicitou a reformulação do tratado, obtendo, assim, a modificação em Tordesilhas. É possível que os portugueses tivessem feito tais conjecturas com base na descoberta de Colombo de um novo continente.

Tratado de Tordesilhas: terras ao sul

Os portugueses obtiveram através do Tratado de Tordesilhas parte das terras americanas do Hemisfério Sul. Alguns historiadores apontam que Portugal já tinha conhecimento da existência de terras nessa região, haja vista a insistência do rei Dom João II em revisar a Bula Inter Coetera. A expedição realizada por Pedro Álvares Cabral, em 1500, teria como objetivo verificar se a suposição era verdadeira ou não.

Tratado de Tordesilhas: curiosidades interessantes

Confira a seguir algumas curiosidades a respeito do Tratado de Tordesilhas.

Linha de Tordesilhas atualmente

Nos dias de hoje, com a atual configuração do Brasil, a linha de Tordesilhas se estenderia de Belém do Pará até a cidade de Laguna, Santa Catarina.

Distância de Cabo Verde

Tomando por base que uma légua marítima tinha 5,5 quilômetros, a linha do Tratado de Tordesilhas estaria localizada a 2.035 quilômetros de Cabo Verde.

Tordesilhas atualmente

O município de Tordesilhas está situado na província de Valladolid, comunidade autônoma de Castela e Leão. A cidade se tornou célebre por ter sido o local em que o Tratado de Tordesilhas foi assinado em 1494 pelas Coroas de Portugal e Castela.

O Tratado de Tordesilhas assinado em 1494 dividiu o território do novo mundo entre Portugal e Castela. Para conferir mais artigos de história, além de dicas para o Enem e o vestibular, fique ligado no blog do Hexag!

Retornar ao blog