O que é um texto crônico?

Você provavelmente já ouviu muito falar sobre crônicas, mas sabe exatamente o que é um texto crônico e o que caracteriza esse gênero? Trata-se de um tipo de escrita facilmente encontrado em jornais, revistas e em blogs. É de fácil entendimento e tem como objetivo se aproximar do leitor.

Siga a leitura para saber mais a respeito dos textos crônicos, suas características e os tipos existentes.

Entenda o que é um texto crônico e suas principais características

A palavra “crônico” tem sua origem no latim e está ligada à ideia de tempo. Por isso, um texto crônico costuma ser datado e perde o sentido com o passar dos anos, pois tem forte relação com o momento em que é escrito. Isso faz bastante sentido quando consideramos que as crônicas nasceram nos jornais, que são publicações datadas.

Se em 2030 uma pessoa for ler uma crônica escrita em 2020, ano em que o mundo se viu em meio a uma pandemia, irá claramente perceber que não se trata de um texto da mesma época. Essa é a ideia do texto crônico, falar sobre algo que tenha relação com o contexto atual.

As principais características de um texto crônico são:

  • A linguagem utilizada costuma ser simples porque é escrito para o público em geral e a intenção é que todos consigam entender;
  • Por ser um gênero geralmente jornalístico, o texto é curto;
  • Quando há personagens, são poucos;
  • O espaço em que a história acontece costuma ser reduzido;
  • Os temas abordados geralmente estão ligados a temáticas do cotidiano.

Tipos de texto crônico

Dentro do gênero de texto crônico existem algumas classificações, veja quais são.

Texto crônico descritivo

Como o próprio nome sugere, o texto crônico descritivo tem por principal característica apresentar em detalhes um lugar, personagem ou acontecimento.

Texto crônico dissertativo

O texto crônico dissertativo pode ser escrito na primeira pessoa do singular (eu) ou na terceira pessoa do plural (eles). Um traço marcante desse tipo de crônica é a explicitação da opinião do autor sobre o tema abordado.

Texto crônico ensaio

Um ensaio é um tipo de texto em que o autor expressa sua opinião fazendo críticas ao assunto tratado. Quando se une ensaio e crônica temos uma escrita que aborda algum tema atual de forma crítica.

Texto crônico filosófico

Uma crônica filosófica é escrita com o objetivo de apresentar uma reflexão a respeito de determinado assunto.

Texto crônico histórico

A crônica histórica se baseia em acontecimentos do presente ou fatos que foram considerados históricos. Como o tempo e o espaço possuem grande importância para o entendimento por parte do leitor, são bem definidos.

Texto crônico humorístico

O humor é um recurso bastante comum em crônicas, costuma ser aplicado através do uso da ironia e do sarcasmo. Os textos crônicos humorísticos costumam abordar temas de grande impacto social, como é o caso da economia e da política.

Texto crônico jornalístico

Um texto crônico jornalístico combina características de narração e argumentação. Apresenta notícias ao leitor e faz um convite à reflexão sobre determinado recorte do fato. Em muitos jornais é comum encontrar esse tipo de crônica sobre algum assunto que foi destaque na semana.

Texto crônico lírico

A crônica lírica é escrita de forma poética, costuma conter metáforas e fazer referência a vários tipos de emoções. É um texto que dá destaque aos sentimentos ligados a um fato mais do que ao acontecimento em si.

Texto crônico narrativo

Quando escrito de acordo com os moldes narrativos, o texto crônico narra algum acontecimento em primeira ou terceira pessoa. A presença de personagens, tempo e espaço são alguns dos elementos mais marcantes.

Texto crônico narrativo-descritivo

Um tipo de texto crônico que reúne tanto características de narração quanto de descrição. Os fatos são apresentados seguindo uma linha do tempo e com detalhes.

Principais cronistas brasileiros

O Brasil possui grandes cronistas que se tornaram conhecidos por seus textos publicados principalmente em jornais. Inclusive, é comum que alguns escritores publiquem livros com um compilado das suas crônicas. Veja quais são os principais autores desse gênero em nosso país.

  • Machado de Assis;
  • Lima Barreto;
  • João do Rio;
  • Cecília Meireles;
  • Rubem Braga;
  • Nelson Rodrigues;
  • Paulo Mendes Campos;
  • Clarice Lispector;
  • Carlos Drummond de Andrade;
  • Vinícius de Moraes.

Muitos dos nomes dessa lista tiveram suas crônicas incluídas na coleção de livros Para Gostar de Ler. Lançada na década de 1970 pela Editora Ática, era voltada para o público escolar. O principal fato que motivou a publicação é que os textos crônicos eram muito utilizados pelos professores de língua portuguesa em sala de aula.

Ao longo dos anos, a coleção incluiu outros gêneros textuais, mas os cinco primeiros volumes foram voltados exclusivamente para textos crônicos. O objetivo das publicações não era ensinar gramática e sim incentivar o gosto pela leitura desde a infância.

Agora você já sabe o que é um texto crônico, suas características e tipos. Para conferir mais conteúdos de literatura e língua portuguesa, navegue pelos posts do blog do Hexag!

Retornar ao blog