O que é Engenharia de Alimentos?

Quando o assunto é qual carreira seguir é natural ter dúvidas e a melhor maneira de encontrar uma boa opção de curso é se informando. Quanto mais conhecer sobre suas principais opções, mais facilmente poderá encontrar aquelas com as quais mais se identifica. Se você deseja saber mais sobre o que é Engenharia de Alimentos e como o profissional dessa área atua, é só continuar a leitura.

Entenda o que é Engenharia de Alimentos

O conceito de engenharia é a aplicação de conceitos e habilidades para desenvolver máquinas, erguer edificações ou atuar em vários outros tipos de projetos que possam facilitar a vida das pessoas. Enquanto os engenheiros civis constroem prédios, os engenheiros de alimentos atuam na indústria, acompanhando todo o processo de fabricação de itens alimentícios.

A produção alimentícia conta com várias etapas que necessitam do acompanhamento de um especialista. O engenheiro de alimentos pode atuar na fase de preparação da fabricação industrial, ou seja, na elaboração das fórmulas e seleção dos ingredientes considerando o valor nutricional, passando pelo acompanhamento da produção e indo até a conservação, armazenamento e transporte dos itens produzidos.

A profissão de engenheiro de alimentos é regulamentada pelo CREA – Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Por isso, os profissionais devem obter um registro junto ao órgão do seu estado de atuação.

Possibilidades de carreira para um Engenheiro de Alimentos

Embora a atuação mais comum do engenheiro de alimentos seja ligada ao processo de produção da indústria alimentícia, essa carreira oferece várias possibilidades, veja algumas delas.

  • Atuação em fábricas de equipamentos, softwares, embalagens e aditivos para a indústria alimentícia.
  • Controle de qualidade, coordenando testes laboratoriais para garantir que os itens produzidos estejam de acordo com suas especificações.
  • Definição de métodos de tratamento dos resíduos da indústria alimentícia, buscando soluções sustentáveis.
  • Criação e desenvolvimento de novos produtos.
  • Realização de testes em formulações, a fim de verificar seu valor nutricional, sabor, cor e outros detalhes.
  • Tornar-se um pesquisador, buscando soluções para tornar os alimentos industrializados mais saudáveis.
  • Atuar em órgãos públicos como fiscal sanitário.

Isso mostra que a carreira de engenheiro de alimentos, apesar de ser voltada para tipos específicos de empresa, é bastante ampla e indispensável dentro do setor alimentício.

A graduação em Engenharia de Alimentos

Para se tornar um engenheiro de alimentos é preciso cursar uma graduação do tipo bacharelado que tem duração média de cinco anos. Assim como ocorre com outros cursos de engenharia, o aluno precisará estudar matérias tidas como básicas, como química, física e matemática. O aprofundamento na área se dá através de conteúdos voltados especificamente para a produção alimentícia.

Cada faculdade tem as suas próprias regras, mas, de forma geral, para concluir a formação em engenharia de alimentos é necessário cumprir uma carga horária de estágio supervisionado e fazer o trabalho de conclusão sobre o tema escolhido.

Diferenças entre os cursos de Engenharia de Alimentos e Nutrição

Existem pessoas que têm dúvidas em relação à diferença entre os cursos de engenharia de alimentos e nutrição. A realidade é que, embora ambas as profissões girem em torno do alimento, cada uma a enxerga sob sua própria perspectiva e possui modos distintos de atuação.

O nutricionista estuda a relação entre os alimentos e o corpo humano. Além do atendimento clínico, o profissional pode atuar em instituições, como escolas, empresas e hospitais, auxiliando na nutrição adequada das pessoas.

O engenheiro de alimentos, por sua vez, se dedica a estudar a produção dos alimentos, garantindo sua qualidade, conservação e desenvolvendo tecnologias que possam beneficiar os processos envolvidos.

Considerando tudo isso, podemos ver que cada área tem a sua especialidade e apenas o nutricionista faz parte da área da saúde. Nesse sentido, um não pode realizar as funções do outro.

Onde cursar Engenharia de Alimentos?

Existem várias universidades do Brasil, públicas e particulares, que oferecem o curso de engenharia de alimentos, veja quais são as mais reconhecidas e que tiraram pelo menos uma nota 5 na avaliação do MEC.

Universidades federais

  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP;
  • Universidade Federal de Lavras – UFLA;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS;
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM;
  • Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri – UFVJM.

Universidades particulares

  • Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia – CEUN-IMT;
  • Faculdade de Tecnologia Termomecânica – FTT;
  • Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR;
  • Universidade de Passo Fundo – UPF;
  • Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS.

Agora que já sabe tudo sobre a carreira de um profissional graduado em engenharia de alimentos pode verificar se esse é o curso ideal para você. Para conferir mais informações sobre carreiras, além de dicas para o Enem e o vestibular, fique ligado no blog do Hexag!

 

Retornar ao blog