O que é e quais as funções do cérebro?

O cérebro humano é fascinante e no artigo a seguir iremos apresentar com mais detalhes as suas funções. Continue lendo para conhecer mais sobre esse órgão do sistema nervoso central. Boa leitura!

O cérebro

Um órgão de grande importância para o funcionamento do corpo, o cérebro faz parte do sistema nervoso central. Podemos citar como curiosidades que ele não pesa mais de 1,5 kg e apresenta textura de uma gelatina firme.

Consiste em cerca de 80% da massa total do encéfalo, estrutura da qual faz parte. A seguir apresentaremos com mais detalhes as principais funções do cérebro, que está relacionado à inteligência, memória e emoções.

Funções do cérebro: o que é e quais são?

O cérebro é o órgão relacionado com a linguagem, inteligência, memória, entre outras funções. Ainda tem a capacidade de processar informações dos sentidos em conjunto com estruturas do encéfalo, assim como dar início a movimentos e ter influência sobre o comportamento emocional do indivíduo.

Para conhecer e entender melhor as funções do cérebro, é importante compreender que ele está dividido em três partes, sendo elas:

Cérebro

O cérebro propriamente dito é o que preenche a maior parte do crânio. Suas funções incluem a resolução de problemas, lembranças, sentimentos e pensamentos. Também se relaciona com o controle de movimentos.

Cerebelo

É a parte que está localizada na parte de trás da cabeça logo abaixo do cérebro, tem como funções o controle da coordenação e do equilíbrio.

Tronco cerebral

Está na frente do cerebelo e embaixo do cérebro. Faz a ligação do cérebro com a medula espinhal e também controla as funções involuntárias como digestão, respiração, ritmo cardíaco e a pressão arterial.

Linhas de alimentação do cérebro

A alimentação do cérebro é feita por uma das redes de vasos sanguíneas mais ricas do corpo humano. As artérias realizam o transporte de 20 a 25% do seu sangue para o cérebro a cada batimento cardíaco. Bilhões de células usam em torno de 20% do oxigênio e combustível que o sangue transporta.

Uma curiosidade interessante é que, nos momentos em que você está pensando muito a respeito de alguma coisa, o seu cérebro pode usar até 50% do combustível e oxigênio. A rede de vasos abrange artérias, veias e vasos capilares.

Córtex

O córtex consiste na parte enrugada do cérebro, trata-se de uma camada externa especializada. Ao longo do tempo, os cientistas realizaram um verdadeiro trabalho de mapeamento do córtex, identificando, assim, as áreas mais relacionadas com alguns tipos de funções.

Confira abaixo algumas regiões específicas do córtex e as suas funções:

Região no centro superior

Tem como função interpretar as sensações do corpo. Controla os movimentos voluntários.

Região posterior inferior

Interpreta as imagens do entorno.

Região abaixo da centro superior

Tem como função a interpretação de sons.

Região frontal inferior

Interpreta cheiros.

Região frontal superior

É a parte do cérebro responsável pela criação de pensamentos, resolução de problemas e desenvolvimento de planos.

Região frontal inferior

É responsável pela formação e armazenamento de lembranças.

Cérebro: lado esquerdo e lado direito

O cérebro humano é dividido em dois hemisférios: esquerdo e direito. Ainda há questões que precisam ser melhor compreendidas pelos cientistas a respeito das diferenças entre os dois hemisférios. Contudo, os especialistas já identificaram algumas diferenças entre os dois lados do cérebro, como:

Lado esquerdo

É responsável pelo controle dos movimentos do lado direito do corpo. Na maioria das pessoas, a região responsável pelo controle do idioma está no lado esquerdo do cérebro.

Lado direito

Esse lado controla os movimentos do lado esquerdo do corpo.

Floresta de Neurônios

O trabalho real do cérebro é realizado por células individuais. O cérebro de um adulto possui em torno de 100 bilhões de células nervosas, os chamados neurônios. Essas células possuem ramificações que se conectam em mais de 100 trilhões de pontos. Os cientistas nomearam essa região densamente ramificada de “floresta de neurônios”.

A base das nossas memórias, sentimentos e pensamentos é formada pelos sinais capazes de viajar por essa densa floresta de ramificações. É interessante ressaltar que os neurônios representam o principal tipo de célula destruído pela doença de Alzheimer.

A sinalização das células

Os sinais que dão origem às memórias e aos pensamentos se movimentam através de uma célula nervosa individual que possui uma carga elétrica minúscula. O contato entre as células nervosas se dá através das sinapses.

No momento em que uma carga elétrica chega em uma sinapse pode levar a liberação de pequenas explosões de substâncias químicas que recebem o nome de neurotransmissores. Por meio da sinapse, os neurotransmissores viajam transportando sinais para outras células. Os cientistas já conseguiram identificar diversos neurotransmissores.

A codificação de sinais

A “matéria-prima” do cérebro é constituída por números poderosos como 100 trilhões de sinapses, 100 bilhões de células nervosas, dezenas de neurotransmissores, entre outros. Ao longo do tempo, as nossas experiências criam padrões para a intensidade e os tipos de sinais.

Tais padrões de atividade ajudam a explicar como em nível celular o cérebro humano consegue codificar pensamentos, habilidades, lembranças e o entendimento de quem somos. Esses padrões de atividade tendem a ser modificados no decorrer do tempo, conforme conhecemos pessoas novas e vivemos experiências diferentes.

Agora você conhece o que é e quais são as funções do cérebro!f

Retornar ao blog