Habilidades socioemocionais ajudam a enfrentar desafios do vestibular

Estudantes que estão se preparando para prestar vestibular e Enem precisam contar com bom desenvolvimento de suas habilidades socioemocionais. Essas habilidades contribuem para ampliar os seus horizontes e direcioná-los para o sucesso em sua empreitada. Continue lendo e se aprofunde mais no tema.

Conheça as habilidades socioemocionais que ajudam a enfrentar os desafios do vestibular

A seguir vamos explicar com mais detalhes quais são as habilidades socioemocionais fundamentais para que estudantes tenham um bom desempenho no vestibular. 

1. Habilidade interpessoal 

Trata-se da capacidade de se relacionar com o outro ou com um grupo com o objetivo de construir uma relação positiva e genuína. Consiste na habilidade de estabelecer vínculos e dedicar-se à relação interpessoal. Em outras palavras,diz respeito a saber como se engajar com aqueles que estão à sua volta. 

Para desenvolver essa capacidade, é fundamental ter iniciativa social, ou seja, estar disponível para se conectar com os demais. Consiste na capacidade de começar, manter e terminar uma conversa de maneira cordial e educada. 

Também é determinante para desenvolver essa habilidade, se comunicar de forma clara com os demais. Mesmo em uma situação desconfortável, é necessário preservar a lógica e a clareza das informações. Outro ponto relevante é se mostrar entusiasmado em relação aos outros e dedicado às atividades com que se compromete. 

Como desenvolver essa habilidade pode ajudar?

Ao longo da jornada de preparação para o vestibular, é crucial se engajar com os demais para saber como pedir e receber ajuda. Momentos de desafio se tornam mais fáceis de enfrentar com o auxílio daqueles que te cercam. 

2. Habilidade de resiliência emocional

As coisas não saíram como você planejou? Quando isso acontece, é importante conseguir se restabelecer, fortalecer e levantar. Resiliência, na física, refere-se à capacidade de alguns corpos de, após serem tensionados, retornarem à sua forma original. Todos os dias, nos deparamos com acontecimentos difíceis e por vezes desagradáveis, a forma como reagiremos ditará os resultados que encontraremos. 

Uma pessoa resiliente é aquela que apresenta boa tolerância a situações estressantes. Ser levado a um extremo de cansaço ou medo e se recuperar demonstra a característica resiliente. Conforme o tempo passa, as adversidades do caminho se transformam em aprendizados. 

Outro ponto crucial para se tornar mais resiliente é ter grande capacidade de tolerância à frustração. Eventualmente, as coisas não vão sair como você deseja e se você ficar frustrado por isso, acabará ficando amargo e enraivecido. Esse comportamento nunca é positivo. 

Como desenvolver essa habilidade pode ajudar?

O desenvolvimento da resiliência emocional é importante para enfrentar os desafios com menos ansiedade, entendendo que para tudo há o tempo certo. A resiliência também contribui para que possamos entender as nossas próprias frustrações. Colabora com a superação de sentimentos negativos que, por vezes, se mostram impactantes.

3. Habilidade de amabilidade

Ser amável significa ter consideração pelas outras pessoas e entender as suas histórias, conseguindo se colocar no lugar delas. Uma pessoa que deseja desenvolver a habilidade da amabilidade precisa praticar a empatia em seu dia a dia. Ser empático consiste em se colocar no lugar do outro, compreendendo, assim, a sua história e a sua cultura. 

A partir da empatia se desenvolve o respeito com os demais, pois passamos a entender a forma como os outros pensam. O respeito consiste em tratar de maneira digna e atenta ao outro, lhe prestando acolhimento. Compreender as crenças e tradições próprias é fundamental. A amabilidade tende a reforçar ainda a autoconfiança, permitindo enxergar com mais clareza as próprias qualidades e as qualidades dos outros. 

Como desenvolver essa habilidade pode ajudar?

A amabilidade ajuda a tornar o indivíduo mais confiante em si mesmo e nos outros. Essa confiança é muito importante para que os aspirantes a uma vaga no ensino superior consigam se preparar com tranquilidade e aproveitando o melhor da experiência dos outros. A relação com colegas e professores é muito relevante no caminho da preparação. 

4. Habilidade de se abrir ao novo

A curiosidade é o que move o desejo de aprender e certamente essa é uma habilidade fundamental para quem está se preparando para o vestibular. O indivíduo que possui essa habilidade socioemocional não desiste frente à dificuldade que um tema apresenta. Com dedicação e paciência é possível resolver. 

Também é uma pessoa que possui imaginação criativa, o que contribui para encontrar formas alternativas de desvendar o que parece complexo. Com o passar do tempo, o conteúdo vai sendo absorvido e fixado. 

Como desenvolver essa habilidade pode ajudar?

Pessoas que são abertas ao novo se mostram mais flexíveis diante de situações que fogem do seu controle. Ao invés de se assustar com o desconhecido, esses indivíduos mergulham em desvendá-lo de maneira criativa.

5. Habilidade de autogestão

Gerenciar os próprios objetivos e compromissos é fundamental para ter uma vida bem organizada e plena. Tem relação com se comprometer com seus desejos e estabelecer um processo ativo para chegar a uma meta com o estabelecimento de prioridades. A habilidade de planejar e executar aquilo com que se compromete é essencial para chegar ao sucesso.

Pessoas que possuem a habilidade de autogestão conseguem ter uma visão mais clara do que precisam fazer e como realizar cada objetivo. Essa capacidade de reflexão é crucial para os processos de aprendizagem porque desenvolve a melhor análise crítica e uma boa tratativa de problemas. 

Como desenvolver essa habilidade pode ajudar?

O desenvolvimento da autogestão ajuda os candidatos a alcançar seus objetivos, ou seja, passar no vestibular. Sem organização, é difícil se manter num processo tão longo de aprendizagem.

Gostou das dicas? Aproveite para compartilhá-las com amigos que também estejam se preparando para os desafios do Enem e vestibular!

Retornar ao blog