Grécia Antiga: quais as características?

A Grécia Antiga foi o berço de uma das principais civilizações da Antiguidade. Tribos nômades indo-europeias, como os jônios, eólios, aqueus e dórios, migraram para a região entre os mares Egeu, Mediterrâneo e Jônico dando origem à civilização grega, em torno de 2.000 a.C.

A política dos gregos tornou-se um capítulo à parte em sua história, tendo como destaque as pólis (cidades-Estado), unidades político-administrativas. A seguir falaremos mais sobre as principais características da Grécia da Antiguidade. 

Grécia Antiga: a diáspora

O período entre os séculos VII a.C. e V a.C. foi marcado por inúmeras migrações de povos gregos para diversos pontos do Mar Mediterrâneo. Dentre os motivos que impulsionaram essa diáspora está o crescimento da população, dos conflitos internos e da necessidade de encontrar novos territórios para a agricultura. 

Os gregos fundaram colônias na região da Trácia, no sul da Península Itálica e na região da Ásia Menor, que hoje conhecemos como Turquia. Houve desentendimentos entre as colônias da Ásia Menor e o Império Persa, esse movimento levou às Guerras Médicas (499 a.C. a 449 a.C.) em que os gregos foram os vitoriosos. 

As duas principais cidades-Estado da Grécia Antiga, Esparta e Atenas, se envolveram na Guerra do Peloponeso (431 a.C. a 404 a.C.). Esparta foi a grande vitoriosa. Em 359 a.C. as pólis gregas passaram a ser controladas pelos Macedônios. 

Civilização Grega: divisão em três grandes períodos

De maneira geral, os historiadores dividem a história da civilização grega em três períodos principais que são: 

Período Arcaico

Nesse período foram introduzidas repúblicas, ao invés de monarquias, que se organizavam como cidade-estado ou pólis. Em Atenas, essas repúblicas evoluíram na direção da democracia. O período arcaico se estende de 800 a.C. a cerca de 500 a.C. Nesse período, teve início os Jogos Olímpicos e Homero redigiu a Odisseia e a Ilíada. 

Período Clássico

Esse período é o mais marcante da civilização grega, nele, Atenas viveu sua Idade de Ouro, sendo governada por uma democracia. Também foi nesse momento que se iniciou a construção da Acrópole. No período clássico, a Grécia Antiga conquistou o auge em várias áreas do conhecimento e viu florescer grandes pensadores e artistas. 

Nesse período houve a queda de Leônidas e seus 300 de Esparta nas Termópilas em 480 a.C. Nesse mesmo ano, Temístocles derrotou a frota naval dos persas em Salamina. Os persas foram derrotados definitivamente em Plateia.

Também no período clássico surgiu a figura imponente de Alexandre, o Grande. O conquistador liderou o exército que invadiu o Egito e chegou a dominar parte da Índia. 

Tendo sido educado por Aristóteles, Alexandre buscou difundir os ideais gregos por meio de suas conquistas. Isso contribuiu para a transmissão da filosofia, cultura, arte e linguagem grega para diferentes partes do mundo. O período clássico se encerra com a morte de Alexandre em 323 a.C.

Período Helenístico

Iniciado na morte de Alexandre, o Grande, durou até 146 a.C., ano em que a Roma conquistou a Grécia. Foi um período de dominação do pensamento e cultura gregos em diferentes regiões sob a dominância dos sucessores de Alexandre. 

Grécia Antiga: economia 

A economia grega estava baseada especialmente no cultivo de trigo, oliveiras e vinhedos. O artesanato grego merece uma menção destacada, em particular a cerâmica que foi muito bem aceita no Mar Mediterrâneo. Ânforas gregas foram utilizadas para transportar azeite, vinhos e perfumes pelos quatro cantos da península. 

O comércio marítimo proporcionou grande desenvolvimento para a Grécia Antiga. Para se ter uma ideia, moedas de metal foram cunhadas. Os gregos utilizavam devedores, prisioneiros de guerra e escravos como mão de obra. É interessante observar que cada cidade-estado tinha sua própria organização social, política administrativa e deuses que conferiam proteção. 

Jogos Olímpicos

Os Jogos Olímpicos surgiram na cidade de Olímpia como uma forma de homenagear os deuses. Na Grécia Antiga houve o desenvolvimento também de uma mitologia bastante rica. O legado dos gregos até hoje é uma referência para estudos. 

Filosofia grega

A civilização grega desenvolveu amplo conhecimento, particularmente no campo da Filosofia, especialmente em Atenas durante o século V (Período Clássico da Grécia). Nesse período ganharam destaque Platão e Sócrates. 

Teatro grego

Os gregos também desenvolveram amplamente a dramaturgia. Havia anfiteatros em quase todas as cidades gregas, os atores encenavam peças de drama e comédia com máscaras. A cultura grega também foi responsável pelo desenvolvimento das artes plásticas, poesia, arquitetura e história

Religião grega

O povo grego era politeísta e sua religião apresentava forte marca humanista. Os deuses tinham características humanas e divinas. Inclusive, havia os semideuses (heróis gregos) que eram filhos dos deuses com mortais. Cabia a Zeus comandar os demais deuses do alto do monte Olimpo.

Outros deuses gregos de grande importância foram: Atena (deusa das artes), Deméter (deusa das colheitas), Afrodite (deusa do amor, da beleza corporal e do sexo), Ártemis (deusa da caça e protetora das cidades), Apolo (deus do Sol), Hermes (o mensageiro dos deuses) entre outros. 

Mitologia e os oráculos gregos

Os gregos transmitiam suas mensagens e tradições através dos seus mitos e lendas. A mitologia tinha o papel também de explicar como o mundo funcionava e ensinar o que era mais importante. Esse povo acreditava que podia consultar os deuses nos oráculos, locais sagrados. O oráculo de Delfos foi o mais importante. 

Arquitetura grega

Os gregos tiveram grande êxito no desenvolvimento da arquitetura, erguendo palácios, templos e acrópoles de mármore. 

Ágora

A Ágora era o espaço público em que os gregos tomavam as decisões políticas. 

Cidadãos gregos

A civilização grega tem na cidadania a sua principal característica. Basicamente, o cidadão grego deveria cumprir seus deveres (militar, religioso e financeiro) para ter o direito de participar do governo do estado, sendo protegido pelas leis e pelos deuses. Os estrangeiros, por exemplo, não tinham acesso a esses direitos de maneira geral. 

Essas são as principais características da Grécia Antiga!

Retornar ao blog