Estudantes – O que devemos fazer para manter a saúde mental?

Nunca se falou tanto sobre o que devemos fazer para manter a saúde mental quanto agora. Contudo, isso não significa que o problema tenha sido resolvido, pois proporcional ao destaque do assunto é o número de pessoas que sofrem de ansiedade, depressão e outros transtornos psicológicos.

Em se tratando de estudantes que estão se preparando para o vestibular e o Enem, esse é um tema essencial. Afinal, esse costuma ser um período da vida em que muitos experimentam cobranças externas e internas, dúvidas e inseguranças, são várias questões envolvidas.

Por outro lado, é preciso cuidar da saúde mental exatamente para evitar que toda essa pressão comprometa o desempenho nos estudos e nas provas. E é sobre isso que trataremos ao longo do texto, siga a leitura e saiba mais!

O que devemos fazer para manter a saúde mental? – 7 Dicas para estudantes!

Se você deseja ter um bom desempenho no Enem ou no vestibular e conquistar a vaga dos seus sonhos na universidade, deve se atentar à sua saúde mental. Afinal, o seu sucesso depende de esforço, mas também do seu bem-estar, confira as dicas!

1. Crie uma rotina

Durante a preparação para o vestibular, essa costuma ser uma prioridade na vida do estudante e é realmente importante que seja. Entretanto, é fundamental definir alguns limites para manter a rotina de forma saudável.

Ter horários para os estudos e outras atividades ajuda a evitar os excessos. Assim, saberá exatamente quanto tempo tem para realizar cada tarefa, incluindo aquelas ligadas à saúde e ao bem-estar.

2. Cuide da sua saúde

Corpo e mente estão totalmente conectados e não dá para falar de saúde mental sem considerar a física. Dessa maneira, procure refletir sobre os seus hábitos atuais e verificar como eles estão impactando sua saúde.

Dormir pouco, se alimentar mal, não se hidratar, entre outros maus hábitos pode gerar uma série de problemas e intensificar questões emocionais já existentes. Sem contar no quanto essas atitudes podem comprometer as funções cognitivas e o desempenho nos estudos.

3. Evite criar expectativas em excesso

A maior expectativa de um pré-vestibulando é conquistar a vaga no curso desejado, isso é natural e até um importante fortalecedor de motivação. Contudo, é preciso tomar cuidado para evitar que as expectativas se tornem excessivas, pois é nesse excesso que problemas emocionais podem surgir.

Autocobrança, a culpa por ter falhado, entre outros sentimentos do tipo podem se tornar gatilhos para crises de ansiedade e outros transtornos. O melhor a fazer é se concentrar no que está ao seu alcance controlar, que é a dedicação aos estudos, e deixar que o restante aconteça naturalmente.  

4. Converse com outros estudantes

As afinidades unem as pessoas, poder compartilhar suas angústias e inseguranças com alguém que esteja passando por uma experiência semelhante pode ser reconfortante. Também é válido conversar com pessoas que já atravessaram essa fase e estão na universidade. Além de desabafarem o que estão sentindo, poderão trocar dicas e se fortalecerem.

5. Concentre-se em cada atividade que estiver realizando

A ansiedade faz com que uma pessoa deixe de prestar atenção ao presente para se preocupar com o futuro. No caso de um estudante, a preocupação com o dia da prova pode fazer com que ele não consiga se concentrar nos estudos.

Para evitar isso, comece a trazer o foco de volta sempre que perceber que ele foi para longe. Mas faça isso de forma natural, sem se julgar, repetindo quantas vezes forem necessárias. Lembrando que isso se aplica tanto aos momentos de estudos quanto de lazer e descanso.

6. Aproveite bem o tempo livre

A rotina de estudos pode ser bastante cansativa e, por isso, é importante ter momentos para recarregar as energias. Essa é uma medida necessária tanto para ter um bom desempenho nas provas quanto para manter sua saúde mental.

Nesse caso, evite utilizar todo o tempo livre para ficar navegando na internet, pois assim não estará descansando verdadeiramente. Prefira atividades realmente energizantes, como dar um passeio ao ar livre, praticar um esporte, realizar alguma atividade manual, estar com amigos e familiares e o que mais achar interessante.

7. Se possível, faça acompanhamento psicológico

Contar com o acompanhamento de um psicólogo pode ser muito importante durante o processo de preparação para o vestibular. Ao longo das sessões de terapia, você poderá compartilhar suas inseguranças e obter direcionamento de como lidar com esse tipo de sentimento.

Atualmente, muitos profissionais oferecem atendimento online e até gratuito em alguns casos, facilitando o acesso por parte dos estudantes. Informe-se a respeito e poderá encontrar opções que sejam acessíveis para o seu caso.

Cuide da sua saúde mental com responsabilidade, ela é a base para que consiga um bom desempenho no Enem ou no vestibular e, futuramente, o sucesso na sua carreira profissional.

Gostou das dicas? Aproveite para compartilhá-las com amigos que estejam vivendo essa mesma etapa da vida!

Retornar ao blog