Como ocorre o processo de respiração em nosso corpo

Você sabe como funciona o sistema respiratório? Entender como ocorre o processo de respiração em nosso corpo é fundamental na sua preparação para o Enem e o vestibular. Pode ser que você encontre questões de Biologia que envolvem o assunto e acabam exigindo o seu conhecimento na disciplina. 

Portanto, se isso ainda não faz parte do seu plano de estudos, é hora de acrescentar para não ter surpresas indesejáveis na hora da prova. Pode até parecer um processo simples, mas está relacionado a um conteúdo amplo e cheio de detalhes. 

Se você não está por dentro do tema, fique tranquilo. Preparamos este artigo com bastante informação sobre o assunto para você arrasar na prova. Confira!

Respiração

A respiração é essencial para a vida humana. Ela é responsável pela troca dos gases oxigênio (O2) e dióxido de carbono (CO2) com o meio ambiente. Esse fenômeno acontece sem parar no interior das células, liberando a energia necessária que garante a atividade dos nossos órgãos por meio do trabalho das células. 

Como ocorre a respiração celular

O processo de respiração celular, realizado por todas as células do corpo humano, acontece no interior das mitocôndrias. As substâncias orgânicas reagem com o dióxido de carbono e liberam energia para os processos vitais.

Após esse processo de respiração celular temos os seguintes produtos: a água, que é reutilizada pelas células, e o dióxido de carbono, que não tem utilidade e, portanto, é eliminado no sangue. 

No corpo humano, essa troca gasosa entre o ar atmosférico e o sangue ocorre nos pulmões, constituindo, assim, a respiração pulmonar. 

Funções do sistema respiratório

O sistema respiratório possui diversas funções muito importantes para o funcionamento do corpo humano. Veja abaixo.

Troca gasosa

Quando respiramos, nossos pulmões fazem a troca de dióxido de carbono pelo oxigênio. Seguindo os comandos do sistema nervoso central, os músculos respiratórios fazem com que o ar possa fluir, enquanto o sangue venoso (pobre em oxigênio e com alto teor de dióxido de carbono) é bombeado pelo ventrículo e penetra nos pulmões. Nessa hora, inicia-se a troca do gás carbônico pelo oxigênio. 

O sangue que sai dos pulmões cheio de oxigênio é direcionado para todos os tecidos do corpo pelo lado esquerdo do coração. 

Equilíbrio ácido-base

Quando o organismo tem um aumento no nível de dióxido de carbono, acaba provocando uma maior concentração hidrogeniônica (pH) e deixando o sangue mais ácido. Assim, o sistema respiratório pode participar do equilíbrio ácido-base e remover o excesso de CO2 do corpo. 

Defesa pulmonar

O ar que respiramos não é composto apenas de oxigênio, ele pode incluir partículas de microorganismos como poeira, bactérias, fumaça e diversos poluentes. A temperatura e a umidade da atmosfera também interferem no tipo de ar que respiramos. Por isso, nosso sistema respiratório possui um mecanismo de defesa pulmonar, para impedir que essas variações provoquem algum problema no organismo. 

Os órgãos do sistema respiratório

O sistema respiratório humano é formado pelos seguintes órgãos: nariz, faringe, laringe, traqueia, brônquios e pulmões. Para receber o oxigênio presente na atmosfera e eliminar o dióxido de carbono, é necessário que todos esses órgãos trabalhem juntos e realizem a hematose pulmonar. 

Nariz

A função do nariz é receber o oxigênio de modo que ele seja aquecido, umedecido e filtrado. 

Faringe

A faringe é um órgão que atua tanto no sistema digestivo como respiratório. Ela possui uma cartilagem denominada epiglote, que trabalha como uma válvula, impedindo que alimentos atinjam as vias respiratórias. O ar passa pela faringe e é conduzido até a laringe.

Laringe

A laringe conduz o ar até os pulmões. Ela também é o local onde se localizam as cordas vocais fundamentais para a fala.

Traqueia

A traqueia é um tubo elástico constituído por anéis de cartilagem que conduz o ar que está dentro do tórax. 

Brônquios

Os brônquios são formados por duas ramificações da traqueia. Eles entram nos pulmões e lá sofrem várias bifurcações, formando os bronquíolos.

Alvéolos pulmonares

São pequenos sacos que ficam no final dos menores bronquíolos, formados por células epiteliais. São rodeados de vasos sanguíneos, onde ocorre a hematose (trocas gasosas).

Pulmões

Os bronquíolos, alvéolos e vasos sanguíneos constituem o pulmão. Ele é um órgão esponjoso, envolvido por uma camada de tecido chamada pleura. 

Respira, não pira

Sabe de qual outra forma a respiração pode ajudar você a se dar bem no vestibular? Colocando ela em prática no seu próprio corpo. Devido ao estresse e à ansiedade, você pode ficar nervoso na hora da prova. Ao inspirar e expirar profundamente, você ajuda o seu corpo a se acalmar e a pensar melhor.

Agora você já sabe como funciona o processo de respiração no corpo humano. Confira o Blog do Hexag Online para ficar por dentro de vários outros assuntos que podem cair no Enem e no vestibular

Retornar ao blog