Como foi a Terceira Revolução Industrial?

A partir da década de 1950, ocorreram diversas evoluções tecnológicas no mundo que deram início a chamada Terceira Revolução Industrial. Tornou-se possível aliar o conhecimento científico e a produção industrial. Inúmeras máquinas foram criadas nesse período, levando a uma série de mudanças significativas nos meios de produção, o que impacta a economia mundial. Continue lendo para entender mais sobre o tema.

Terceira Revolução Industrial

O mundo passou por uma série de transformações após o término da Segunda Guerra Mundial. A industrialização se ampliou em diferentes países do mundo com avanços significativos nas indústrias química e médica.

No século XX, a eletrônica surgiu como o centro desse processo de modernização. Nessa fase surgiram os primeiros equipamentos eletrônicos como satélites, televisores e computadores. 

Em decorrência dos avanços na área tecnológica, a Terceira Revolução Industrial também se tornou conhecida como Revolução Informacional. Existem divergências entre os especialistas no tocante ao início dessa revolução industrial. Para alguns, o seu marco inicial foi o uso da energia nuclear, já para outros começou somente na década de 1970, com o uso da robótica em indústrias automobilísticas.

Terceira Revolução Industrial: conheça algumas das principais invenções tecnológicas

As áreas de informática, robótica e eletrônica se desenvolveram consideravelmente durante a Terceira Revolução Industrial. Há invenções que datam da década de 1950 que se mantém em processo de aprimoramento até os dias atuais. Confira algumas das principais invenções tecnológicas que marcaram essa fase. 

Primeiro computador eletrônico

O primeiro computador eletrônico do mundo foi desenvolvido por John Eckert e John Mauchly em 1947. Esse aparelho pesava mais de 30 toneladas e ocupava uma área de 180 m2. Os avanços tecnológicos permitiram que o equipamento evoluísse e na década de 1990 o primeiro computador pessoal foi criado. 

Primeiro aparelho celular

Em 1973, a Motorola desenvolveu o Motorola Dynatac 8000X. Apesar de outros aparelhos similares terem sido criados anteriormente, esse foi o primeiro que realmente era portátil. Em 1991, ocorreu a primeira transmissão do novo formato digital de sinal de celular. 

Internet

Em 1969, foi criada a Arpranet (precursora da internet) nos Estados Unidos. A função da internet era a de interligar laboratórios de pesquisas. A partir de 1990, passou a se popularizar, adquirindo o sentido que possui hoje. 

Engenharia espacial

Em 1926, o norte-americano Robert Goddard criou o primeiro foguete. Porém, foi somente ao longo da Terceira Revolução Industrial que o primeiro foguete de longo alcance foi desenvolvido.

Esse foguete foi projetado pelo engenheiro alemão Wernher von Braun e sua equipe com finalidades bélicas. Também foram desenvolvidos nesse período os primeiros mísseis e os propulsores para lançar objetos ao espaço. 

Principais características da Terceira Revolução Industrial

A Terceira Revolução Industrial se desenvolveu no contexto da Segunda Guerra Mundial. Foi um período de grandes transformações no mundo, especialmente no tocante à tecnologia. Entre os principais avanços do período estão o desenvolvimento de computadores, celulares, softwares, robôs, chips, circuitos eletrônicos entre outros. 

Algumas invenções dessa fase foram aplicadas inicialmente no contexto bélico da guerra. Contudo, também foram empregadas para conferir mais dinâmica à produtividade industrial. Na indústria automobilística, por exemplo, foram adicionados robôs à linha de montagem dos veículos. Foram usadas também na agricultura para modernizar as máquinas agrícolas. 

Ocorreram avanços consideráveis também no campo das telecomunicações, com destaque para o surgimento do rádio, da televisão, da telefonia e da internet. A comunicação passou a ser feita de uma forma completamente nova com a transmissão de informações. 

Essas inovações tecnológicas nas telecomunicações impactaram consideravelmente a vida das pessoas. Nos dias atuais, podemos ter acesso a informações e notícias em tempo real através da televisão, telefone, internet e smartphones.

Dessa forma, é evidente que essas inovações influenciaram diretamente na produção industrial e também no estilo de vida das pessoas e suas relações sociais. Confira abaixo as principais características da Terceira Revolução Industrial.

Produção industrial

A tecnologia permitiu otimizar o processo produtivo, o que levou à redução dos custos e aumento da produtividade. 

Crescimento da economia

Houve a potencialização da economia capitalista e aumento da geração de emprego. 

Fontes de energia

Diferentes tipos de fontes de energia passaram a ser usados abrindo espaço para o uso de fontes renováveis e com menor potencial poluente. Algo que demonstra preocupação com questões ambientais. 

Capitalismo financeiro

Com a expansão de empresas multinacionais, ocorreu o fortalecimento do capitalismo financeiro.

Avanço e desenvolvimento tecnológico

Algumas áreas, como robótica, biotecnologia e engenharia genética, foram criadas e desenvolvidas. 

Consequências da Terceira Revolução Industrial

A vida das pessoas foi positivamente impactada pelo desenvolvimento tecnológico ocorrido na Terceira Revolução Industrial. Produtos foram desenvolvidos para facilitar o dia a dia das pessoas como o computador pessoal, celulares, sistema GPS, tablets, entre outros. 

Com a evolução tecnológica se tornou possível usar técnicas e métodos que mudaram a lógica industrial como o Controle de Qualidade e o Toyotismo. Foi possível aumentar a eficácia da produtividade reduzindo o desperdício. 

No entanto, o aumento do emprego da tecnologia avançada levou a uma crescente substituição do homem pela máquina. Embora contribua para acelerar a economia, também gera desvalorização e exploração da mão de obra. O homem se tornou o complemento de um maquinário cada vez mais amplo e complexo. O ser humano passou a ser substituído por softwares. 

Com a terceirização da economia houve uma maior concentração da maior parte dos empregos nos setores de comércio e serviços. As condições de trabalho foram precarizadas, o que corroborou para a perda gradativa dos direitos trabalhistas. 

Agora você conhece mais sobre a Terceira Revolução Industrial. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog