Como é a respiração cutânea?

Na respiração cutânea a troca gasosa é realizada através da pele ou da superfície do corpo. Alguns animais realizam esse tipo de respiração. Continue lendo para entender como esse processo respiratório acontece e quais são os tipos que existem. Esse é um tema recorrente nas provas de vestibular e do Enem. 

O que é a respiração cutânea?

Também chamada de troca gasosa cutânea ou tegumentar, a respiração cutânea é um processo pelo qual algumas espécies realizam trocas gasosas através da pele ou da superfície do corpo. Para que essa respiração possa ser realizada, é necessário que a superfície corporal desses animais esteja sempre úmida, ocorrendo um processo de difusão.

A maior parte dos animais que realizam respiração cutânea vive em ambientes úmidos ou aquáticos. Dentre os tipos de animais que realizam essa respiração estão anfíbios, espongiários (poríferos), insetos, anelídeos (sanguessugas, poliquetas, minhocas), platelmintos (Taenia solium) e cnidários (medusas e águas-vivas). 

Um exemplo diferenciado de animais que realizam respiração cutânea é o dos sapos. Quando atingem a idade adulta, esses animais realizam tanto a respiração cutânea quanto a pulmonar. Os pulmões dos sapos são pouco desenvolvidos e a respiração pela pele complementa a troca de oxigênio pelo gás carbônico. 

Como ocorre a respiração cutânea?

A respiração cutânea acontece por meio do processo de difusão. Há mais oxigênio no ambiente externo do que no interior do animal. O oxigênio entra no corpo do animal e o dióxido de carbono sai do corpo do animal. Para que esse processo ocorra, é importante considerar alguns fatores, como ampla vascularização da pele dos animais, permeabilidade e umidade.

A respiração cutânea é uma característica dos animais de pequeno porte. Há grande dispêndio de energia para manter a pele desses animais úmida. Exatamente por esse motivo, é tão importante que os animais que a realizam estejam inseridos em ambientes úmidos e aquáticos. 

Mecanismos de controle da respiração cutânea

De maneira geral, há três mecanismos responsáveis por controlar a respiração cutânea:

– A quantidade de oxigênio que está presente no ar ou na água do ambiente. 

– Realização do processo de difusão (processo em que ocorre a passagem de gases pela pele). 

– Convecção (movimento realizado pelos gases dissolvidos). 

Tipos de respiração cutânea

Esse tipo de respiração pode acontecer de forma direta ou indireta. Entenda melhor a seguir.

Respiração cutânea direta

Nesse tipo de respiração cutânea, as células captam o oxigênio presente abaixo da pele. O gás é então difundido e alcança as outras células. Esse processo acontece de forma que não é necessário ter um sistema circulatório. Os platelmintos (como as planárias) realizam esse tipo de respiração cutânea. 

Respiração cutânea indireta

A respiração cutânea indireta é aquela que se dá através de um sistema circulatório. A pele de animais que realizam esse tipo de respiração é bastante vascularizada. O oxigênio é conduzido às células pelos vasos capilares. 

Os anelídeos representam um exemplo de animais que realizam esse tipo de respiração. Eles apresentam um sistema circulatório bem simples, formado por um vaso sanguíneo que leva o oxigênio para a célula e outro que conduz o dióxido de carbono para a superfície. Também são exemplos de animais que realizam esse tipo de respiração os anfíbios, como sapos, rãs e pererecas. 

Esses animais realizam esse processo devido à presença de diversas glândulas espalhadas pela sua pele. O papel delas é secretar uma substância mucosa composta de glicose. Essa substância tem como função reter a umidade do ar, permitindo, assim, que a troca gasosa aconteça mais facilmente com o meio. 

Outros tipos de respiração

Além da respiração cutânea, há outros quatro tipos de respiração que são: celular, traqueal, branquial e pulmonar. Saiba mais sobre esses tipos abaixo. 

Respiração celular

Consiste na forma como as células obtêm energia. Esse tipo de respiração é realizado conjuntamente com outros tipos que permitem que o oxigênio chegue às células.

Esse é um processo essencial para a metabolização do oxigênio e geração de energia. A célula libera gás carbônico que é conduzido à superfície por meio de algum outro sistema. 

Respiração traqueal

Nesse tipo de respiração, o oxigênio é conduzido diretamente às células através de pequenos dutos, sem a necessidade de um sistema circulatório. 

Respiração branquial

Essa é a respiração realizada por animais aquáticos. Os animais extraem o oxigênio da água através dos órgãos conhecidos como brânquias. Devido à presença do sistema circulatório e do sangue, o oxigênio chega às células. 

Respiração pulmonar

Tipo de respiração realizada por animais vertebrados. Esse processo tem início quando o ar entra no corpo através da cavidade nasal. O ar é encaminhado para os pulmões que atuam capturando o oxigênio que será então depositado no sistema circulatório. Em seguida, o oxigênio é espalhado pelas células. O gás carbônico que foi liberado pelas células é então recolhido. 

Agora você já sabe como é a respiração cutânea. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog