Coesão e coerência: por que são importantes?

Sem coesão e coerência é bastante difícil compreender o sentido de um texto. Quando não há uma estruturação organizada e uma sequência lógica de ideias, não há efetividade na comunicação.

Quem está se preparando para prestar vestibular ou Enem deve ter conhecimentos de ambos os conceitos, pois eles são a base para uma boa redação. Continue lendo para entender melhor o tema.

O que é coesão e coerência?

Para que um texto seja devidamente compreendido pelo leitor, é fundamental que haja coesão e coerência. No entanto, é crucial ressaltarmos que os conceitos são duas coisas diferentes. Por exemplo, um texto coeso pode ser incoerente.

A seguir vamos conceituar coesão e coerência para que fiquem mais claras essas distinções. Assim, você compreenderá como aplicar cada uma dessas ferramentas em prol de um texto de fácil entendimento.

O que é coesão?

A coesão de um texto diz respeito ao emprego de elementos linguísticos, como pronomes, conjunções e advérbios. Tais elementos funcionam como ligações para as partes de um texto. O texto coeso possui unidade, ou seja, o leitor compreende que todas as frases se conectam e são partes de um todo.

O que é coerência?

A coerência, por sua vez, refere-se à formação lógica do texto, dando-lhe sentido. Para que seja coerente é fundamental que apresente linguagem e sequência adequadas. Um texto incoerente é aquele que apresenta ideias conflitantes ou que não têm um sentido claro para o leitor.

Qual é a diferença entre coesão e coerência?

Coesão consiste na harmonia do encadeamento entre palavras, frases e parágrafos. Já a coerência se refere ao sentido que é construído no decorrer do texto e a interpretação que ele possibilita. O uso harmônico de palavras contribui também para manter o leitor interessado no que está sendo expressado.

Dicas de coesão

Um texto coeso é um texto bem organizado e que estabelece conexões entre as partes da sua redação utilizando conectivos. Para conseguir uma boa coesão é essencial usar pronomes e expressões adverbiais, evitando repetições desnecessárias. Também é válido o uso de conjunções que permitam a continuidade ao que foi dito anteriormente como, por exemplo, “por conseguinte”.

Dicas de coerência

Um texto coerente demanda o uso de linguagem alinhada ao gênero textual que está sendo produzido. A coerência depende de uma escrita clara e objetiva em que as ideias principais e secundárias sejam devidamente estruturadas. Também é importante que seja criada uma linha de raciocínio que tenha sentido para o leitor.

Em uma produção textual coerente, são usadas apenas informações que se relacionam ao assunto trabalhado. Também é importante que as ideias e os fatos apresentados possam ser devidamente relacionados.

Pode se tornar confuso para o leitor se ideias e fatos conflitantes forem abordados ao longo do texto. É fundamental que quem lê entenda por que cada parte do texto está onde está.

Coesão e coerência: por que devem caminhar juntas?

Um bom texto deve ter um encadeamento harmonioso (resultante da coesão) e um sentido passível de compreensão (reflexo da coerência). Essas duas ferramentas de construção de bons textos devem caminhar lado a lado.

Quando lemos um texto com ideias desconexas é bem difícil compreender o que está sendo comunicado. O mesmo acontece quando o texto não possui uma organização lógica e, em algum ponto, até se contradiz.

Para que o leitor compreenda a mensagem comunicada, o posicionamento do autor a respeito de algum tema e os seus argumentos é importante que a coesão e a coerência caminhem juntas. Um texto coeso e coerente é a única maneira de convencer o leitor a respeito da tese que está sendo apresentada, algo fundamental em um texto dissertativo-argumentativo.

Qual é a importância da coesão e coerência?

Quando escrevemos um e-mail, uma redação ou até respondemos a uma mensagem nas redes sociais, desejamos que o leitor compreenda o que estamos dizendo, certo? Mais do que nos compreender, desejamos que o leitor se convença daquilo que estamos expressando. Não tem como chegar a tal objetivo utilizando uma comunicação que não tem sentido.

Um texto sem coesão não surtirá o efeito desejado, pois não passará de uma combinação sem sentido de palavras não articuladas. Se a produção textual for incoerente, pode até surtir o efeito contrário, levando o leitor a ter outro entendimento. Quem não deseja causar um impacto negativo deve se valer da coesão e coerência.

Textos que se baseiam no uso das ferramentas de coesão e coerência se tornam mais facilmente compreendidos e expressam uma mensagem. A produção textual precisa comunicar para impactar. Uma redação de vestibular ou Enem que recebe nota alta é aquela que consegue transmitir o posicionamento do autor a partir de uma construção lógica com bons argumentos.

Coesão e coerência são imprescindíveis para uma boa produção textual. Navegue pelo blog do Hexag para conferir mais dicas de redação!

Retornar ao blog