Capitalismo: quais as principais características?

O sistema econômico conhecido como capitalismo teve sua origem no século XV, quando o feudalismo acabou. No artigo a seguir iremos apresentar o conceito capitalista, sua história e suas principais características.

Esse é um tema relevante para quem está se preparando para o Enem e demais vestibulares, então fique ligado!

O que é Capitalismo?

O capitalismo é um sistema econômico que tem como base o direito à propriedade privada e o direito à livre concorrência. Também conhecido como economia de mercado, se originou no século XV, quando houve o fim do feudalismo. 

É bastante comum que o termo “capitalismo” seja empregado como oposição ao socialismo. A doutrina socialista prega que haja forte presença do Estado e intervenção na economia. Por sua vez, a doutrina liberal do capitalismo propõe o Estado mínimo e que a economia seja autorregulada. 

O filósofo inglês John Locke foi o responsável por desenvolver, no século XVII, a teoria liberal que serve de alicerce para o capitalismo. No entanto, a principal formulação do sistema econômico foi elaborada pelo economista e filósofo Adam Smith, no século XVIII. 

Características gerais do Capitalismo

A seguir você poderá conhecer com mais detalhes as características gerais do capitalismo. A partir dessas informações é possível compreender as suas propostas. 

Direito à propriedade privada

Os teóricos do liberalismo acreditam que o direito à propriedade privada é um direito fundamental dos seres humanos. John Locke acreditava que se trata de algo natural, ou seja, a própria natureza deu aos seres humanos o direito de possuir bens. 

Lucro

A geração de lucro é o grande objetivo do modo de produção capitalista. É importante conceituar que lucro é todo o capital excedente dos custos de produção. Do ponto de vista liberal, o lucro é a base para que haja interesse e estímulo para a produção. 

Estado Mínimo

Estado mínimo é um conceito que propõe que o Estado não interfira na economia, permitindo, assim, que sua regulação seja feita pelas leis do mercado. 

Lei da oferta e da procura

O ritmo de produção do sistema capitalista se caracteriza pela lei da oferta e da procura. Os produtos são fabricados de acordo com as necessidades das pessoas, ou seja, da sua procura. A estrutura tem como objetivo alcançar o equilíbrio entre demanda e oferta. 

Se a oferta for maior do que a demanda, o produto sofre desvalorização e isso acarreta na redução do lucro. Quando a procura é alta, os preços sobem, contudo, o volume das vendas tem a tendência de cair. 

Livre concorrência

Outra característica essencial do sistema capitalista, juntamente com a lei da oferta e da procura, é a lei da livre concorrência. A concorrência entre os produtores é responsável pela regulação do preço, isso aumenta a oferta ao consumidor.

É importante salientar que existem leis com o objetivo de evitar o cartel. Esse nome é dado ao movimento realizado por produtores concorrentes que se unem para definir preços mais altos para o consumidor. 

Estratificação social (existência de diferentes classes sociais)

As bases do sistema capitalista são o direito à propriedade privada e ao lucro. Dessa forma, ele favorece que a sociedade seja dividida em diferentes classes sociais com base no seu perfil econômico. 

Nesse contexto, cada classe social possui uma quantidade específica de recursos que lhe permite manter um padrão de vida e de consumo específicos. Vale ressaltar que não existem impedimentos para que haja transição social. 

Fases do Capitalismo: conheça as características

O sistema capitalista pode ser dividido em três fases de desenvolvimento: Capitalismo Comercial ou Mercantil; Capitalismo Industrial ou Industrialismo e Capitalismo Financeiro ou Monopolista.

Cada uma dessas fases possui as suas próprias características, continue lendo para conhecer melhor essas etapas e entender os períodos em que elas ocorreram. 

1 – Capitalismo Comercial ou Mercantil (pré-capitalismo)

Essa fase do capitalismo se desenvolveu entre o século XV e o século XVIII. As principais características dessa fase são: 

– Consiste na transição do sistema feudal para o sistema capitalista;

– Antes desse período, a terra era o fator determinante da riqueza. Nesse período, a terra passou a ser entendida como um bem, podendo ser negociada e vendida; 

– Busca pelo acúmulo de capital e balança comercial favorável, ou seja, os países buscam vender mais do que compram. 

2 – Capitalismo Industrial ou Industrialismo

Esse período se desenvolveu entre os séculos XVIII e XIX. A seguir você pode conferir as suas principais características: 

– Nascimento das indústrias (Revolução Industrial);

– Uso de máquinas;

– Produção realizada em grande escala;

– Nascimento da classe operária. 

3 – Capitalismo Financeiro ou Monopolista

O capitalismo financeiro se desenvolveu a partir do século XX e suas principais características são: 

– Monopólio bancário;

– Surgimento do capital especulativo, investimentos que não estão conectados com a produção; 

– Fortalecimento de empresas e corporações de grande porte; 

– Globalização e surgimento de empresas multinacionais. 

Agora você conhece as principais características do Capitalismo. Para conferir mais conteúdos como este, navegue pelo blog do Hexag!

Retornar ao blog