AIRBAG: O que é? O que significa? Como funciona?

A palavra airbag pode ser traduzida do inglês como “bolsa de ar”. Esse dispositivo de segurança para veículos é obrigatório nos carros fabricados no Brasil desde o ano de 2014. Continue lendo para saber mais sobre esse item que protege a vida de motoristas e passageiros em caso de acidente.

Afinal, o que é Airbag? Como funciona?

Como supramencionado, o sistema de Airbag é um dispositivo de proteção dos condutores e passageiros de veículos. Basicamente, quando o veículo sofre um impacto esse sistema é acionado.

Os carros possuem sensores, estrategicamente espalhados na frente, lateral, traseira e centro, que ajudam a detectar o impacto. Assim, emitem um sinal para a unidade de controle do sistema.

Cabe à UCE (Unidade de Comando Eletrônica) identificar, por meio dos sensores, qual é a parte do veículo atingida, de maneira a acionar os airbags caso seja necessário.

Há vários fatores que podem levar a uma falha no sistema de airbags. Quando existe algo errado com o sistema, uma luz de anomalia pode acender no painel do veículo. Ressaltamos que o diagnóstico e a reparação do sistema devem ser feitos por um especialista. 

Airbag: o que significa?

O sistema de airbag pode ser chamado e associado à sigla SRS (Supplemental Restraint System), que traduzindo significa: Sistema de Restrição Suplementar. A palavra airbag, por sua vez, pode ser traduzida como bolsa de ar. 

Airbag: principais itens componentes do sistema 

Os sistemas de airbag contam com vários componentes que trabalham juntos para acionar as bolsas de ar para suavizar o impacto de uma colisão, tanto para o motorista quanto para o passageiro.

Abaixo apresentaremos com mais detalhes os principais componentes de sistemas de airbag automotivo, suas localizações e funções. 

Sensores de Impacto

Os veículos podem ter um ou mais sensores com foco na identificação do impacto. Em geral, esses sensores estão localizados na parte traseira, frontal e lateral da carroceria. Há comunicação direta entre os sensores e a UCE, indicando a ocorrência de uma colisão por meio de sinal elétrico. Esse sinal ativa a ignição do gerador de gás. 

Unidade de Comando Eletrônica (UCE)

Geralmente, a UCE fica próxima dos bancos dianteiros do veículo, no entanto, a sua localização pode variar. Um sensor de desaceleração é adicionado à central de comando de forma a determinar o acionamento das bolsas de ar e dos pré-tensionadores nos casos de colisões frontais. 

Tipos de airbag

Há alguns tipos de bolsas de airbag, confira as mais comuns abaixo. 

Airbags frontais

Atualmente, esse item é obrigatório. Essas bolsas estão localizadas no painel diante do passageiro e no volante. 

Airbags laterais

Esses airbags protegem o torso dos ocupantes. 

Airbags de cortina 

Tem a função de proteger a cabeça e o pescoço, cobrindo a área das janelas.

Airbags de joelho

Esses airbags estão situados abaixo do painel, impedindo ferimentos nas pernas. 

Airbag central

Uma bolsa que se infla no meio do console, promovendo a proteção dos ocupantes internamente. Protege os ocupantes um do outro, inclusive em caso de colisão. 

Airbag de cinto

Esse airbag fica situado na extensão do cinto de segurança como uma proteção extra, especialmente para pessoas de menor estatura. 

Airbag de capô

A função dessa bolsa é proteger o pedestre, evitando que ele sofra ferimentos mais graves contra o capô e o pára-brisa. 

Tempo de preenchimento da bolsa

A bolsa do airbag leva aproximadamente 40 milissegundos para encher completamente. Essa rapidez apenas é possível pelo dispositivo pirotécnico gerador de gás. Essas bolsas possuem furos nas laterais, permitindo que o ar saia após o enchimento total. 

Pré-tensionadores

No caso de colisão, os pré-tensionadores, situados tanto na fivela quanto na coluna do cinto de segurança, disparam através de um dispositivo pirotécnico gerador de gás.

O disparo faz com que o cinto de segurança seja tensionado em um período de aproximadamente 20 milissegundos. Isso impede que a pessoa se desloque no assento durante o impacto. 

Sensor de ocupação

Esse sensor está localizado junto ao banco do passageiro, indicando para a UCE que há a presença de ocupantes. Os sensores mais modernos conseguem classificar o ocupante de forma a inflar a bolsa em estágios diferentes. Se não há um passageiro, a bolsa de ar não é ativada. 

Gerador de Gás (Dispositivo pirotécnico)

Trata-se de um composto por ignitor, normalmente, por Nitrato de Amônia e Azida de Sódio. Quando essas substâncias são aquecidas, geram uma reação química brusca que dá origem a um gás muito rápido. Esse gerador de gás leva a uma reação química de explosão controlada em que ocorre o preenchimento de ar de maneira quase instantânea das bolsas. 

Mola Relógio (contato rotativo)

Está situada no volante, permitindo que haja contato constante entre os terminais de contato do airbag do motorista com a central durante a movimentação do volante.

Lâmpada de Anomalia

É uma indicação presente no painel de instrumentos do veículo, sendo responsável por informar um funcionamento fora do padrão em qualquer componente do sistema. 

Agora você conhece o sistema de airbag e sabe o que ele significa!

Retornar ao blog